domingo, 3 de junho de 2012

Cidades do Vale do Jequitinhonha/Mucuri decretaram situação de emergência por causa da seca e estiagem

Em Minas, 105 cidades decretaram situação de emergência por causa da seca e estiagem
Seca provocada pela estiagem em Mamonas, cidade do  Norte de Minas Gerais (Jackson Romanelli/EM/D.A Press)

Em Minas Gerais 105 cidades da decretaram situação de emergência por causa da seca ou estiagem. Grande parte desses municípios está no Norte do estado e regiões do Vale do Jequitinhonha/Mucuri. As cidades em que o problema está muito complicado são Itinga, Chapada Gaúcha, Jaíba, Santa Cruz de Salinas, Jacinto, Rubim, José Gonçalves de Minas, Espinosa, Mamonas, Monte Azul e Porteirinha

Em reportagem especial dia 20 de maio o Estado de Minas mostrou que a mancha de sede se espalha pelo mapa de Minas. As regiões Norte e Nordeste de Minas enfrentam uma das piores secas da história. No rastro da estiagem, a lavoura teve perda que supera 70%, o gado mingua com fome e sede; prefeituras escavam o solo atrás de água para a população, mas pouco encontram. Quando acham, em muitos casos o líquido que chega à superfície é salobro. Banho virou luxo, mantido graças a água de aspecto duvidoso, buscada cada vez mais longe. 

Escassez de chuvas não é novidade nessas regiões. Mas, desta vez, a seca chegou bem mais cedo. Lugares em que o volume de chuvas de outubro/2011 a março/2012 foi de pouco mais de 400 milímetros, metade da média histórica (800 a 900 milímetros)



ESTADO DE MINAS

(Com informações de Luiz Ribeiro)


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...