segunda-feira, 18 de junho de 2012

Vale do Jequitinhonha será sede de III Seminário LGBT Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais


O III Seminário LGBT acontecerá nos dias 22 e 23 de Junho na cidade de Itaobim no Vale doJequitinhonha. O evento é organizado pelo Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT da UFMG (NUH). 

As questões discutidas no evento terão como tema os Direitos Humanos e homofobia. Nesses dois dias de seminário se buscará identificar através das discussões entre pesquisadores, representantes governamentais, ativistas, profissionais da saúde e educação juntamente com a população local, como os aparelhos públicos nos campos da educação e saúde do Vale podem superar a exclusão dos homossexuais. 

A 3ª edição do seminário que acontece em Itaobim será estruturada de maneira em que as discussões ocorram em duas mesas redondas. A primeira versará sobre os direitos humanos, a questão homofóbica e como ela se perpetua nas áreas de educação e saúde. Já a segunda mesa tem como tema as instituições e aparelhos públicos e o preconceito no Vale doJequitinhonha. 

A programação também contará com a exibição de vídeos nos intervalos entre as atividades.
Mais informações através do NUH, pelo telefone (31) 34096287.


11 comentários:

Anônimo disse...

Começou....

Anônimo disse...

isto e uma vergonha para nosso vale,porque nao faz um encontro das montadoras de veiculos ,para estalarem uma fabrica no vale do jequitinhonha,das fabricantes de papel, para enstalarem uma celulose na regiao de capelinha ,itamarandiba,turmalina e minas novas um encontro do mec e a presidente DILMA e seus ministro da educaçao para acelera as construçoes da ufvjm no vale,eu nao tenho preconçeito nenhum contra,mas nos temos prioridade em outras areas que tem que ser debatidas com mais seriedade.

Anônimo disse...

Nossa, quem comentou isso sobre a vergonha está se auto envergonhando, só da forma de escrever já tenho ideia das opiniões... Isso sim é também um grande avanço, tais cidades citadas como o colega daí abaixo citou, precisam sim se concientizar sobre o preconceito, visto que ainda não estão no desenvolvimento apropriado, e devemos lembrar que não importa o que seja, se é algo que traga avanço, deverá ser recebida de braços abertos!

Anônimo disse...

Por um acaso acabar com o preconceito não seria uma prioridade?! Claro que tem muitas coisas importantes que devem ser feitas ao vale, mas e os direitos humanos, onde fica? Acho muito importante este seminário sim! E o ideal seria que muitas pessoas héteros e PRECONCEITUOSAS assistissem ao seminário, quem sabe assim não mudariam seus conceitos pra não precisar mais mexer com esse assunto no vale e poder voltar para as montadoras de veículos, fábricas de papel e celulose, encontros do MEC e presidente Dilma... Antes de tudo isso, acho mais importante aprendermos a nos relacionar com as pessoas. Coisa que muita gente ainda não sabe...

Anônimo disse...

Nossa região enfrenta problemas sérios com relação a falta de respeito as diferenças. E o grande problema é que a cada dia, as pessoas se descobrem assim e se assumem como tal, porém não encontram na sociedade nem respeito nem um programa para se equilibrarem na vida como cidadãos.

Combater o preconceito tem que ser política pública sim e precisa ser implantada em nossa região. Uma sociedade sem preconceito também é sinal de desenvolvimento avanço.

Anônimo disse...

IIIIIIIH GENTE, Gay é mara! e Turmalina e região tá cheio deles!

Anônimo disse...

O que é PRÉ-conceito? Discordar de vocês? Homossexualismo é um desvio comportamental, ponto final. Parem de espernear e mendigar aceitação de seus vícios por parte das outras pessoas. Fiquem na de vocês que ficamos na nossa.

Isso de homofobia é uma mentira sem pé nem cabeça. As "vítimas da homofobia", segundo averiguação de um site GAY são mortos por namorados, prostitutos, traficantes e assaltantes. O estilo de vida deles proporciona tal risco, devido à promiscuidade. Além do quê, 50 mil mortos por ano: No meio disso não pode ter gay? Tem gente de todo tipo aí! Assumem isso ou então temos uma crise de heterofobia extrema no país, já que os outros 49.800 são heteros.

A população não tem culpa dessa violência, ninguém maltrata homossexuais no Brasil, só na cabeça de vocês.

Rennata disse...

Antes de pensarmos em crescimento econômico, cultural dentre outros, temos de pensar na homofobia pois, quando uma cidade cresce junto a ela também cresce homossexuais crescendo também a homofobia e, que em minha opinião, é algo que em pleno seculo XXI não deveria existir independente de religião, cor, raça. SER HOMOSSEXUAL NÃO E DOENÇA!! TENHO ORGULHO DE SER HOMOSSEXUAL FODA-SE QUEM NÃO GOSTOU.

Rennata disse...

Antes de pensarmos em crescimento econômico, cultural dentre outros, temos de pensar na homofobia pois, quando uma cidade cresce junto a ela também cresce homossexuais crescendo também a homofobia e, que em minha opinião, é algo que em pleno seculo XXI não deveria existir independente de religião, cor, raça. SER HOMOSSEXUAL NÃO E DOENÇA!! TENHO ORGULHO DE SER HOMOSSEXUAL FODA-SE QUEM NÃO GOSTOU.

Anônimo disse...

Amigo anônimo acima:

O conceito de que a homossexualidade é um desvio comportamental, já saiu da Lista de Doenças da OMS.

Somente a Igreja e grupos homogêneos que acreditam que a sexualidade não tem sentido se não estiver nela o ato de procriação.

rosaslinda disse...

vai ser muito bom ,já é um grande passo para o avanço da nossa regiao.eu apoio essa ideia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...