sexta-feira, 6 de julho de 2012

Nas eleições "deus" vira garoto propaganda na boca de muito hipócrita!

Em Ano eleitoral, uma das ferramentas de manipulação que os candidatos mais gostam de usar, é o nome de “deus”. Sabe-se que as pessoas são emotivas, devocionais e sinceras em suas crenças. Por isso os candidatos não economizam a lábia nesse artifício. Rezam, oram, invocam e fazem tudo mais que possa transmitir aos eleitores uma imagem de gente santa e preocupada com os bons costumes e a moral. Bom, antigamente isso funcionava muito bem, o povo caia nesse estratagema, acreditava nesta desnecessária e falsa devoção. Hoje, com o advento da tecnologia, podemos ajudar as pessoas menos esclarecidas a abrirem os olhos. É só pensar um pouquinho: se o candidato passa o ano todo longe da religião, o que vai me fazer acreditar que só excepcionalmente agora e coincidentemente nas eleições ele passou a ser tão caprichoso assim com a fé? Conversa para gnomo dormir.  
 “ Um povo que não conhece sua história, está condenado a repeti-la” 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...