quinta-feira, 19 de julho de 2012

Nota do PC do B de Capelinha sobre ás Eleições Municipais de 2012

O Comitê Municipal do PC do B de Capelinha vem a público manifestar seu posicionamento acerca das negociações com o PT, com vistas ao lançamento de candidaturas aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores para ás eleições municipais do corrente ano:

Tendo clareza da dimensão das eleições deste ano e, também, da necessidade de empreender um novo movimento no processo de sua acumulação de forças na esfera político-eleitoral, já no ano passado o Partido iniciou a montagem e realização de seu projeto para a campanha que se inicia.

Em Conferência Municipal do PCdoB de Capelinha, realizada no dia 24 de setembro de 2011, o Partido aprovou o seu Projeto de Resolução sobre o processo político eleitoral deste ano, que apontava para a necessidade de construir candidatura majoritária no município, vinculada com o projeto desenvolvimentista do governo Dilma Rousseff.

Para a eficácia desse projeto tornaria fundamental reunir sobre o mesmo palanque os Partidos da base aliada da Presidenta Dilma e de oposição ao Governo do Estado.

O PC do B definiu dentro do projeto partidário para as eleições de 2012, que lançaria chapa própria para ás eleições de vereadores e que só faria coligação na chapa majoritária, bem como não apresentaria nomes para concorrer aos cargos de prefeito e vice-prefeito, haja vista que suas principais lideranças colocariam seus nomes para concorrerem a vagas na Câmara de Vereadores.

Desde então, o PC do B passou a
dialogar com os partidos da base aliada da Presidenta Dilma e, sobretudo com o PT, que já havia anunciado a possibilidade de lançamento de candidatura própria a prefeito.

No dia 11 de maio de 2012, em reunião entre lideranças dos dois Partidos, o PC do B informou ao PT sobre a sua decisão de se coligar apenas na chapa de prefeito e vice-prefeito e que não apresentaria nomes para integrá-la. Assim, os dois Partidos passaram a se reunir regularmente com o objetivo de viabilizar a pré-candidatura de Janer Moreira ao cargo de prefeito e buscar um nome para vice-prefeito em outro partido da base aliada da Presidenta Dilma Rousseff.

Até o ultimo momento o PC do B se empenhou para manter a unidade política da base aliada do governo da Presidenta Dilma Rousseff em Capelinha e garantir a disputa numa terceira via. Com a renúncia do já então candidato a prefeito Janer Moreira, o PC do B decidiu se juntar aos Partidos que integram a coligação Capelinha: “o futuro que queremos”, por entender os Partidos que estão na coligação e não fazem parte da base aliada da Presidenta Dilma Rousseff, são capazes de dialogar no plano municipal, em torno do projeto desenvolvimentista do governo federal, e ainda manteve sua posição de não se coligar para a eleição de vereadores.

A campanha eleitoral do PCdoB refletirá a particularidade do município de Capelinha, mas difundirá a mensagem de que nosso Programa, nosso projeto, visa a humanizar a cidade, a desenvolvê-la com base na sustentabilidade, e a modernizá-la com o objetivo de elevar a qualidade de vida de todos e, em especial, do povo.

O Comitê Municipal do PC do B de Capelinha – MG.



Um comentário:

Anônimo disse...

Acho no mínimo estranho ninguém comentar que o Professor Janer foi 'saído' de sua candidatura já que o partido, nem a coligação nem ninguém, conseguiu um Vice para ele. Estranho né? Tanta união e nenhuma definição. Queriam que ele concorresse como, sozinho?

Expliquem essa parte. Porque entre a moral e o caráter do Janinho Vs os partidos, não tenho dúvidas de que se ele saíu, foi por alguma bobagem enorme dos partidos.

Fez muito bem em não ficar nessa guerra. Ele não precisa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...