segunda-feira, 30 de julho de 2012

Preta Vieira de Capelinha fará parte do Conselho Estadual de Política Cultural

No sábado, 28.07, o Diário Oficinal do Estado públicou os nomes dos membros titulares e suplentes que vão compor o Conselho Estadual de Política Cultural (CONSEC), para o Biênio 2012-2014, designados pelo governador de Minas Gerais, Antônio Anastásia. 
Mardizele Cordeiro, Preta Vieira e Juvenal Cordeiro
Preta Vieira (na foto, de blusa azul listrada) entre os violeiros Mardizele e Juvenal Cordeiro, de Capelinha.
Geralda Maria Vieira Neves, a Preta Vieira de Capelinha, foi nomeada como Titular do Segmento Arte Popular, Folclore e Artesanato. Ela será a representante do Vale do Jequitinhonha nesta instância que define as linhas da política cultural do estado de Minas Gerais.

Preta Vieira é uma ativa agente cultural do Vale do Jequitinhonha. É coordenadora da Casa de Cultura das Capelinha, no Alto Jequitinhonha, e membro do Conselho Deliberativo da FECAJE – Federação das Entidades Culturais e Artísticas do Vale do Jequitinhonha . Atuando na área de artes cênicas e na valorização da cultura popular, já coordenou vários eventos em Capelinha e região, destacando a realização do Festivale na cidade.  
Esta é mais uma vitória dos movimentos sociais e culturais do Vale do Jequitinhonha que se articularam e elegeram sua representante, sendo reconhecida pelo Governo de Minas. Nesta empreitada, estiveram unidas as entidades Instituto Vale Mais, a FECAJE e diversos agentes culturais do Vale do Jequitinhonha.
Atribuições do Conselho de Política Cultural
Órgão paritário composto por 11 representantes do poder público e 11 representantes da sociedade civil organizada, o Consec tem caráter consultivo, propositivo e deliberativo e sua missão é contribuir na elaboração e execução da política cultural do Estado.
Os 11 representantes da sociedade civil foram escolhidos de acordo com a eleição realizada em abril de 2012 entre entidades civis, com comprovada atuação cultural, que fizeram cadastramento prévio junto à Secretaria de Estado de Cultura. Durante o período de inscrição, as entidades tiveram a oportunidade de indicar um nome para disputar a vaga de conselheiro relativa a seu segmento cultural. 
Os nomes mais votados em cada segmento foram encaminhados em listas tríplices para designação do governador Antônio Anastásia, que escolheu os dois candidatos mais votados, por segmento, para ocupar as vagas de membro efetivo e membro suplente.
Já as 11 vagas do Consec destinadas ao poder público serão ocupadas por representantes das seguintes instituições: Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais, Secretaria de Estado de Cultura, Secretaria de Estado de Educação, Secretaria de Estado da Fazenda, Secretaria de Estado de Governo, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Secretaria de Estado de Turismo, UFMG, UEMG e Associação Mineira de Municípios, sendo um membro efetivo e um suplente para cada uma delas.
Os membros do Consec tomarão posse dentro de um mês. Em seguida, a secretária Eliane Parreiras, presidente do Conselho, irá convocar os integrantes para a primeira reunião, quando serão discutidos temas como Regimento Interno e Estatuto do Consec, entre outros assuntos.
Fonte: Blog do Banu
Regiscap

Um comentário:

Marcio Carvalho disse...

Parabéns Preta; vc sempre valorizou a nossa cultura. Sucessoo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...