sábado, 22 de setembro de 2012

Capelinha e mais 17 cidades do interior de Minas podem ter voos comerciais

O governo mineiro pretende ligar, através de voos comerciais regulares, Belo Horizonte com mais 18 cidades do interior até 2015. A intenção é que neste prazo os aeroportos de 30 cidades estejam aptos a receber voos comerciais. Hoje, além do terminal da Pampulha, na capital mineira, 11 municípios possuem aeroportos que abrigam voos de companhias comerciais. 
Especula-se que as cidades de Capelinha, Curvelo, Divinópolis, Guaxupé, Lavras, Ouro Fino, Passos e Piumhi poderiam receber voos regulares. Hoje, o Estado conta com 82 aeroportos, mas nem todos têm voos comerciais. Athayde frisou que as ligações aéreas são preponderantes para o desenvolvimento do Estado. "É um caminho sem volta e necessário. Afinal, o tempo é precioso. E a demanda pelos voos acontece em todas as regiões do Estado", observa. 
A realidade, conforme o especialista Hugo Ferreira Braga Tadeu, professor de logística da IBS/FGV, é que a falta de infraestrutura em muitas cidades limita o lançamento de rotas pelas companhias aéreas regionais, como é o caso da Trip e Azul. Em março deste ano, voos foram suspensos em São João del Rei, Patos de Minas e Diamantina, já que os terminais não atendiam às condições estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Entre os problemas, estava a falta de brigada de incêndio.

Hoje, a maioria dos terminais no interior conta com poucos voos diários e somente uma empresa atuando. Assim, as passagens aéreas para rotas fora das capitais são caras e não atendem à demanda de empresários que precisam se deslocar pelo Estado. Athayde não divulgou o nome das cidades que poderiam ser beneficiadas. "Estamos fazendo diversos estudos e não podemos criar expectativas para os municípios", justifica.
Otempo com modificações do Capelinha.net

Um comentário:

Anônimo disse...

Agora todo mundo vai poder ver o buracão do céu!! kkk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...