quinta-feira, 25 de outubro de 2012

AOS AMIGOS, NEGÓCIOS À PARTE - ELEIÇÕES 2012


Há amigos que conseguem separar as coisas, outros que acham que os seus são massa de manobra. O primeiro tipo de amigo geralmente é alguém que se importa com os outros, consulta ou, no mínimo, antecipa a decisão aos que estão por perto.  O segundo tipo é aquele que decide coisas importantes e nem toma conhecimento do quanto tais decisões podem afetar quem está em volta.

Quando as pessoas são informadas ou consultadas pode haver discussão, brusquidão, mas a atitude demonstra que houve respeito por parte de quem informou. Isso pode elevar a admiração do outro e até fazê-lo refletir profundamente sobre o assunto. 

Este tipo de fato ocorre, com grande frequência, em períodos de formação de coligações partidárias, quando o amigo político resolve se candidatar ou apoiar alguém. Normalmente, quem é amigo mesmo tenta entender a decisão e, ainda que não a entenda, respeitará o outro.

O problema surge durante o pleito eleitoral, quando o egoísta não respeita a decisão de quem não o acompanha; é importante saber que é uma via de mão dupla quando se quer respeito pelas próprias decisões; as decisões dos outros também devem ser respeitadas. Se o teu próximo não te seguiu não significa que não seja teu amigo, apenas discordou de você em uma etapa da vida. Respeitar é Diferente Concordar.

Fato é que alguns antidemocráticos, ganhando ou perdendo, levam a mágoa adiante; o Eleitor exige respeito por suas decisões, respeito este que pode vir sereno ou magoado.
E agora vai ficar com raivinha dele até quando?

Eu sou LouBrito.

Quero Estar Vivo Para Contar a História

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...