quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A Redistribuição dos Royalties do Pré-sal


Por Lourival Brito

Este assunto vem sendo bastante discutida entre os governos estaduais e o Federal; cada unidade da Federação quer puxar a sardinha para o seu lado. A de se ter cuidado, ou poderá ocorrer o mesmo que acontece com outras verbas não carimbadas que entram nos estados, acabam diluídas, parecido com o que acontece quando o cidadão gasta o salário do mês e depois não sabe direito o que foi feito.

A presidente Dilma Rousseff, no intuito de evitar a diluição ou o mau uso deste repasse, resolveu rever a questão, determinando que as verbas oriundas deste repasse sejam direcionadas, exclusivamente, aos investimentos em educação.

O cidadão comum pode estar entendendo este compromisso do governo um “achado”, que tenha resolvido o problema da educação brasileira, enquanto, na verdade, ela está tentando resolver a “batata quente” do pré-sal. Fique certo que a educação brasileira não dispensa o fluxo de verbas que virá desta fonte, mas não está sem dinheiro e sim sem gestão eficiente. Ela (EDUCAÇÂO) precisa é de projetos e políticas adequados para gerenciar o que já tem bem como os que possam vir de novas fontes.


O Senador Cristovão Buarque prega a educação como o pilar principal para o desenvolvimento sustentável do Brasil, como uma nação em ascensão e a potência que virá a ser. O Senador propôs o PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 480 de 2007 que determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus filhos e demais dependentes em escolas públicas até 2014. Se a preocupação de ambos é relacionada à qualidade do ensino público no País, a efetividade do projeto do Senador Buarque poderá surtir mais efeitos positivos, ao atrair os olhares das autoridades com real preocupação sobre o tema, do que o repasse das verbas oriundas dos Royalties do pré-sal.

A Educação é como uma criança rica e problemática; sua real necessidade não é dinheiro, presentes e outros mimos. Ela precisa é de atenção e equidade nos tratos essenciais ao seu bem viver.
Eu Sou LouBrito...
Quero estar vivo para contar a História!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...