sábado, 3 de novembro de 2012

Chuva causa estragos em Itamarandiba


Fonte: Itamarandiba Hoje
Forte chuva causa medo e prejuízos a várias famílias em Itamarandiba. Com raios e trovoadas a chuva começou a cair dos céus por volta das 23horas de quinta-feira (01) com uma pausa as 23:45 minutos, voltando a chover durante a madrugada por várias horas.
Com o forte vento, várias casas foram atingidas, árvores foram arrancadas e jogadas a vários metros de suas origens, muros e portões não resistiram á força da natureza e foram ao chão.
A cobertura de um galpão ficou completamente destruída, jogando as telhas a metros de distância, atingindo caminhões carregados de carvão estacionados em frente o Posto do Bodão.

O muro da construção da APAC no bairro Capão da Helena foi ao chão devido aos fortes ventos, o portão foi jogado a mais de 100 metros chegando atingir na rua a baixo.
O PSF Dr. Sebastião Gusmão e a Creche Tatão Araujo também foram a tingidas, tendo parte das telhas arrancadas.
Várias casas, muros, arvores e até mesmos carros foram afetados pela forte chuva da última noite, foram registrados estragos nos bairros: São Geraldo, Capão da Helena, Primeiro de Maio, Fazendinha, Bom Jesus, Florestal e Centro, mas a área mais atingida foi entre as intermediações do Ginásio Poliesportivo entre os bairros Primeiro de maio, São Geraldo e Capão da Helena.
Os sinais dos aparelhos celulares ficaram comprometidos, como também de alguns provedores de internet, algumas antenas parabólicas e de internet ficaram totalmente destroçadas com a força do vento.
Ao amanhecer os moradores começaram a concertar seus telhados, muros e lavando suas casas e calçadas das lamas provocadas pelas enxurradas, muitas casas ficaram sem abastecimento de água, impedindo assim a limpeza imediata de suas residências, a queda de energia elétrica começou no momento da chuva e também ficou por grande parte do dia seguinte com a falta de luz.
Não ouve vítimas fatais, a solidariedade dos moradores ajudando na reconstrução das casas atingidas foram os pontos positivos com todo esse acontecimento.
Alguns comércios abriram as portas para os clientes no dia seguinte, até mesmo por causa do feriado de Finados, uma grande movimentação de pessoas circulando durante todo o dia, que se destinaram aos cemitérios para visitar os tumulos de seus parentes e amigos e ao passarem por alguns pontos da cidade se deparavam com os estragos causados pela forte chuva da última noite.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...