sexta-feira, 16 de novembro de 2012

POPULAÇÃO DENUNCIA ESTADO CRÍTICO DOS MATADOUROS MUNICIPAIS EM MINAS NOVAS E CHAPADA DO NORTE


Problemas mais comuns são falta de higiene, mau cheiro, abatimento incorreto e descarte irregular na natureza. Problema é comum também em quase todas cidades do Vale do Jequitinhonha.

As populações de Minas Novas e Chapada do Norte vivem um problema comum: estado crítico dos matadouros municipais. Ambos apresentam problemas semelhantes, como mau cheiro, falta de higiene, abatimento incorreto dos animais, além do descarte irregular dos restos dos animais na natureza.
Foto: Paulo Sérgio
Minas Novas-MG

Em Minas Novas-MG, após várias denúncias de moradores, o Ministério Público ajuizou Ação Civil Pública contra o Município de Minas Novas e todos os açougues que ali abatiam animais.

Restos de animais são frequentes
nos matadouros. Foto: Paulo Sérgio
A ação, distribuída sob o nº 0418.12.000612-1 na comarca de Minas Novas, teve liminar deferida pela justiça minas novense, que interditou o matadouro municipal, devido o estado lastimável em que se encontrava o matadouro municipal. A própria vigilância sanitária do município atestou não haver condições de ali funcionar um matadouro.

Hoje, o matadouro municipal, que foi recentemente construído, encontra-se totalmente abandonado, com algumas telhas quebradas e restos de ossos de animais abatidos. O que causa maior indignação é o fato de ter sido o mesmo construído recentemente para acabar com um problema histórico do município, que não possuía um matadouro com condições mínimas de higiene.

Chapada do Norte-MG

Foto: Paulo Sérgio
Em Chapada do Norte o problema é semelhante. Este funciona às margens da BR-367, saída sentido Chapada do Norte - Berilo, próximo a cidade. Quem passa por ali sente um cheiro insuportável, vê claramente restos de animais por todo canto, além da enorme quantidade de urubus ali existentes.

O matadouro, construído em março de 1996, funciona sem condições mínimas de higiene e segurança. Como pode-se perceber pelas fotografias há o lançamento inadequado de restos de animais, como ossos, sangue, etc., no córrego próximo ao matadouro que, consequentemente, deságua no Rio Capivari. No período chuvoso, todos aqueles rejeitos serão carreados para o rio e consequentemente poluirá ainda mais as águas do mesmo.

Esgoto a céu aberto cai diretamente no córrego próximo
ao matadouro de Chapada do Norte. Foto: Paulo Sérgio
Há um novo matadouro sendo construído em Chapada do Norte, o que poderia acabar com esse problema crônico existente.

Qualidade da carne

O abate clandestino representa grave risco para a saúde da população já que, nessa situação, o animal não é examinado por um médico veterinário antes da morte. O procedimento permitiria identificar possíveis agentes transmissores de doença. No abate clandestino também não são respeitadas as normas sanitárias para a manipulação da carne.
Fonte: Blog do Jequi, de Bernardo Vieira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...