quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Prefeito de Capelinha receberá a Comenda Teófilo Otoni


O prefeito de Capelinha, Pedro Vieira da Silva, está entre as personalidades distinguidas com a Medalha “Comenda Teófilo Otoni”. Seu nome aparece na lista publicada no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e assinada pelo governador Antônio Augusto Anastasia. A “Comenda Teófilo Otoni” é uma homenagem a personalidades, lideranças e políticos que se destacam na sua área de atuação. No caso do prefeito Pedro Vieira, o prêmio é fruto de sua boa gestão à frente da administração pública municipal, sendo reconhecida em todo o estado. Além do prefeito de Capelinha, outras personalidades aparecem na lista de homenageados pela Medalha “Comenda Teófilo Otoni” como o deputado federal Reginaldo Lopes, o secretário de Estado Bilac Pinto, o presidente da COPASA Mário Neto Borges, entre outros políticos, prefeitos, empresários e representantes de entidades mineiras.   

A Comenda Teófilo Ottoni foi criada em 2007, por meio da Lei 16.920, originária de projeto de lei de autoria do presidente da ALMG e do deputado e ex-prefeito da cidade de Teófilo Otoni, deputado Getúlio Neiva (PMDB). A medalha tem como objetivo homenagear pessoas e instituições que contribuíram para o desenvolvimento político, cultural, econômico e social das regiões norte-nordeste de Minas Gerais, Vales do Jequitinhonha e do Mucuri, e Norte de Minas.
De acordo com a lei, a comenda é concedida, anualmente, pelo governador do Estado, em cerimônia realizada no dia 27 de novembro, data de nascimento de Teófilo Benedito Ottoni, alternadamente, nos municípios do Serro e de Teófilo Otoni. A primeira solenidade foi realizada na cidade do Serro, região Central, conforme determina a legislação.

Teófilo Benedito Ottoni nasceu em 27 de novembro de 1807 na Vila do Príncipe, hoje Serro. Aos 19 anos, entrou para a Escola da Marinha no Rio de Janeiro, onde graduou-se como guarda-marinha. Suas idéias liberais fizeram com que fosse discriminado na corporação, provocando sua volta ao Serro, onde fundou, com o irmão Cristiano Ottoni, o jornal "Sentinela do Serro".


Elegeu-se deputado provincial em 1835 e deputado geral em 1839. Liderou a revolução liberal em Minas em 1842. Derrotado e preso, foi conduzido a pé até Ouro Preto. Anistiado pelo imperador Dom Pedro II em 1844, afastou-se da política e tornou-se empreendedor, a partir de 1850, com a Companhia do Mucuri, um projeto de colonização no vale do Mucuri, onde criou estradas, trechos de navegação, catequizou índios e incentivou a instalação de imigrantes alemães. Em 1860 elegeu-se senador. Morreu no Rio de Janeiro em 1864, debilitado pela malária.

Aranãs FM

Um comentário:

Anônimo disse...

Hum.... então quer dizer que o bairro de teofilo otoni terá um homenageado?
Bairro Capelinha, Teofilo Otoni MG - 39.680-000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...