segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Promotor do Caso Bruno ja atuou em Juri de um crime ocorrido em Angelandia


Hoje (19) começou o jugamento do goleiro Bruno do caso Eliza Samúdio. Para muitos pode ser
apenas mais um caso, mas não poderíamos deixar de citar que o promotor do caso Henry Wagner Vasconcelos de Castro, foi o mesmo promotor que atuou no júri de um caso ocorrido na Cidade de Angelandia.   A pedido da família o julgamento foi transferido a montes claros pelo medo do poder hierárquico do réu.

A Juíza da época percebeu essa possibilidade em relação aos jurados e temendo a corrupção de alguns, ela acatou o pedido.

O julgamento que aconteceu em novembro de 2008,  teve início por volta das 12:00 e só terminou a noite por volta das 22:30,o brilhante trabalho desenvolvido pelo promotor Henry demonstrou aos jurados como Angelândia era”CIDADE SEM LEI”,recordo (Rosa Juliana) que ele gritava na época que deveriam mostrar a Angelandia que existia lei e que ninguém poderia sair por aí matando as pessoas,que estavam horrorizados com a violência daquela cidade tão pequena!

Ele inclusive dispensou na época o advogado de assistência ao caso,disse que preferia trabalhar sozinho.

Informações cedidas por Rosa Juliana filha da  vítima ( hoje estudando direito em São Paulo)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...