terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Inaugurada Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em Turmalina MG


Ete TRATAMENTO DE ESGOTO 300x208 Inaugurada Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em Turmalina MGObra custou R$ 7 milhões numa parceria da COPASA com a CEMIG, beneficiando cerca de 12 mil pessoas que vivem na cidade
A COPASA inaugurou, nesta quinta-feira, 20/12, a primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Turmalina, no Vale do Jequitinhonha. A obra foi construída para melhorar a qualidade de vida da população local.
A solenidade contou com as presenças do secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro; do deputado federal, Rodrigo de Castro; do deputado estadual, Luiz Henrique; do prefeito, Zailson João Macedo Godinho; do prefeito eleito, Zilmar Pinheiro Lopes; do chefe do Departamento Operacional Nordeste da Copasa, Sérgio Ramos e da gerente do Distrito do Alto Jequitinhonha, Luciana Caribé.
O secretário Danilo de Castro ressaltou que “dentre os benefícios conquistados nos últimos anos para a cidade de Turmalina, a ETE é, sem dúvida, um dos mais importantes”.

Por sua vez, o chefe do Departamento Operacional da Copasa, Sérgio Ramos disse que “a obra faz parte do plano de investimento do Governo de Minas no Vale do Jequitinhonha, por meio da Copasa, que envolve recursos da ordem de R$ 300 milhões e cujo objetivo é melhorar a qualidade de vida da população e revitalizar os rios. E esse, sem dúvida, também é um dos compromissos prioritários da empresa”.
A Estação
A ETE, que já se encontra em operação desde maio deste ano, tem capacidade para tratamento de mais de 2,5 milhões de litros por dia, o que significa que 100 % dos esgotos coletados na cidade são devidamente tratados, beneficiando mais de 12 mil pessoas.
Paralelo à construção do empreendimento, a Copasa também realizou mais de 800 novas ligações prediais, responsáveis por ligar os imóveis à Estação de Tratamento.
Entre outras unidades, a ETE é composta por reatores anaeróbios, filtro biológico percolador e decantador secundário. O tratamento do esgoto passa pela fase preliminar, onde é feita a separação de materiais grosseiros.
Na fase seguinte, passa pelos reatores anaeróbios de fluxo ascendente, em que ocorre a separação do lodo.
Em seguida, passa pelo filtro biológico, chegando à etapa final do tratamento de esgoto, na qual ocorre o processo de decantação, que deixa o efluente líquido clarificado e pronto para ser devolvido à natureza.
O tratamento dos esgotos contribui para a revitalização das águas dos Córregos Caxambu e Lourenço, e do Ribeirão Santo Antônio, um dos principais afluentes do Rio Araçuaí, que abastece a cidade. Isso resultará em mais qualidade de vida para a população local, além de contribuir para a preservação do meio ambiente e desenvolvimento sustentável de toda a região.
O sistema
O novo sistema de esgotamento sanitário (SES) de Turmalina – assumido pela Copasa em setembro de 2008 – contempla, aproximadamente, 42 quilômetros de redes coletoras e cerca de 2.300 metros de interceptores, dispostos ao longo das margens do Ribeirão Santo Antônio e dos principais cursos d’água da cidade. Além disso, o sistema também conta com três estações elevatórias, cuja função é bombear o esgoto para a ETE, intervenção necessária em regiões localizadas abaixo do nível da Estação de Tratamento.
O empreendimento é fruto de um Convênio de Cooperação Técnica e Financeira firmado entre a Copasa e a Cemig Geração e Transmissão S.A., em que, de um total de aproximadamente R$ 7 milhões investidos, mais de R$ 5 milhões foram aportados pela Copasa.
A parceria nasceu do interesse da Cemig em implantar empreendimentos ambientalmente adequados, buscando melhorias para o meio ambiente e para as comunidades vizinhas ao reservatório da Usina de Irapé, no Rio Jequitinhonha. Isso implicava na implantação de um completo sistema de esgotamento sanitário na região. Daí a parceria com a Copasa, concessionária da prestação dos serviços de esgotamento sanitário de Turmalina.
Fonte: AM

Um comentário:

Anônimo disse...

GOSTARIA DE INFORMAR A TODOS QUE ESTA FOTO NÃO É DE UMA ETE (Estação de tratamento de esgoto), E SIM DE UMA ETA (Estação de tratamento de água).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...