terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Prefeito de Angelândia faz reunião aberta ao público para mostrar a situação caótica deixada no município

Angelândia Prefeito de Angelândia faz reunião aberta ao público para mostrar a situação caótica deixada no município



O prefeito de Angelândia, no alto Jequitinhonha, o Sr. Thiago Levy de Araújo Pimenta concedeu uma entrevista na última sexta-feira(18/01) a rádio capelinhense Aranãs FM, onde apresentou aos ouvintes o decreto de situação de Emergência Administrativa e Financeira do município, e que detalhou em sua fala os descasos e as pendências financeiras deixada pela última gestão, tanto de dívidas com fornecedores, funcionários públicos e a falta de repasse a Receita Federal. (veja a matéria aqui)
Thiago pimenta 300x225 Prefeito de Angelândia faz reunião aberta ao público para mostrar a situação caótica deixada no município
E nesta segunda-feira (21/01), o prefeito Thiago Pimenta realizou uma reunião aberta ao público, onde compareceram mais de 300 pessoas, em sua grande maioria funcionários públicos municipais, a reunião aconteceu no templo da Assembléia de Deus.
Em posse de vários documentos comprobatórios e levantamentos de contas realizadas, ele apresentou ao público a situação caótica que encontrou a prefeitura, e pediu que um dos presentes do público se oferecesse voluntariamente para fazer a leitura dos documentos, e assim foi feito.

Foram lidos movimentações bancárias, onde se transitou cheques sem fundos entre contas da prefeitura, dentre eles um cheque no valor de R$ 96.000,00 (noventa e seis mil reais) sem fundos emitido pela prefeitura.
Foi lido também um documento da receita federal referente aos repasses do INSS, com dívida de mais de 1 milhão de reais, além da leitura também da lista de débitos com fornecedores que ultrapassa os 700 mil reais e ainda sobre os salários dos funcionários que não receberam o mês de dezembro, são dívidas que ultrapassam os 2 milhões de reais.

prefeito angelandia Prefeito de Angelândia faz reunião aberta ao público para mostrar a situação caótica deixada no município
Uma situação vergonhosa, salienta o prefeito, que por diversas vezes foi ovacionado pelo público presente, mostrando sua indignação com o descaso público.
Segundo o prefeito, a prefeitura tentou continuar em funcionamento, mas diante das dificuldades encontradas, teve que decretar situação de emergência, de forma que a prefeitura entrará em recesso por 90 dias, afim de sanar estes problemas.
Enfatizou mais uma vez que os documentos estão disponíveis ao público, e que sua equipe de auditoria não iria descansar até realizar todo o levantamento de tudo que aconteceu nos últimos quatro anos, da ex-gestora.
Por fim o prefeito agradeceu a todos os presentes, e se colocou a disposição para qualquer esclarecimento.
Portal Aranãs

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...