quinta-feira, 14 de março de 2013

Itamarandiba: Operário morre dentro de cisterna de 30 metros

Os bombeiros precisaram resgatar o corpo usando equipamento de proteção contra gases tóxicos e técnicas de salvamento em altura. O trabalhador fazia escavações quando morreu
Militar se prepara para entrar na cisterna e buscar o corpo do operário  (Divulgação Corpo de Bombeiros )
























Um operário morreu dentro de uma cisterna de 30 metros em Itamarandiba, no Vale do Jequitinhonha. Os bombeiros precisaram resgatar o corpo de Dirceu Alves Cordeiro, de 38 anos, que desceu para uma escavação e não voltou. Segundo militares, na tarde de terça-feira, Dirceu estava trabalhando na cisterna e se disse incomodado com a presença de muitas formigas. Ele decidiu queimar pedaços de tecido para matar o insetos. Deixou o fogo no buraco e foi embora no fim do expediente. 

Ao retornar na quarta-feira pela manhã, entrou na cisterna para continuar as escavações, mas com poucos minutos não respondeu ao chamados dos colegas de trabalho que estavam do lado de fora. Preocupadas, as testemunhas chamaram os bombeiros, que iniciaram o resgate. 

Sem saber o que encontraria no buraco, o militar responsável pelo salvamento desceu usando uma máscara - em cumprimento a um procedimento padrão da corporação nesses casos. 

Bombeiro descendo para o resgate na cisterna (Divulgação Corpo de Bombeiros )
SITE UAI

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...