quarta-feira, 10 de abril de 2013

A ditadura no Brasil voltou, só não vê quem não quer!


Por Hilton França

Voltamos a viver em um país ditatorial, ninguém mais nesse país pode opinar, principalmente se for contra o homossexualismo! 

O que estão fazendo contra o Marco Feliciano é desumano e diabólico. 

Posso não concordar com tudo o que ele faz e fala, mas venhamos e convenhamos, ele é nosso irmão na fé, tem defendido a família, e não posso ficar olhando para o que está acontecendo com ele e ficar em cima do muro, não mesmo. 

Ele é um parlamentar colocado por Deus lá, assim como o Jean Wyllys, e cada um tem defendido o que acredita ser o certo, coisa essa que pode acontecer, afinal nosso país vive em um regime democrático. 

Os ativistas homossexuais que abram o olho, porque do jeito que a coisa está indo, até os cristãos que apoiam o direito deles fazerem o que quiser, vão começar a ficar contra eles, é bom que eles comecem a ficar espertos quanto à isso. 

Ta na hora dos evangélicos e Católicos saírem do armário e dos faces da vida, e defenderem a democracia, antes que seja tarde demais! Antes eu defendia a saída do Feliciano da comissão, honestamente, hoje penso diferente, pelo simples fato de estarem fazendo com ele uma baita injustiça. 

E mais, a Joelma, cantora do Calipso, deu uma opinião semana passada sobre homossexualismo e pronto, agora ela está sendo cruelmente perseguida pela mídia em geral. 

É isso aí minha gente, a ditadura voltou, não como sistema de governo, mas como uma potestade invisível proibidora do falar e pensar, saiamos então pelas ruas e praças e lutemos contra isso. Que Deus tenha misericórdia de todos nós!

20 comentários:

amandinha disse...

Do mesmo jeito que ele pode dar sua opinião, outras pessoas também podem faze-lo concordando ou não com a dele, não achei isso nem um pouco ditatorial.

Luis disse...

Meu caro Hilton,

Segundo o dicionário, Ditadura é a designação dada a regimes não-democráticos ou antidemocráticos, ou seja, governos onde não há participação popular, ou que essa participação é tolhida.

O que se vê no caso do Pastor Feliciano é exatamente o contrário. O clamor popular pela destituição do Deputado do cargo em questão, é nada mais nada menos que um ato democrático. Tal qual o sufrágio, responsável por elegê-lo ao cargo legislativo.

A indignação das pessoas contra Marcos Feliciano, diferentemente do que você afirmou não é pelo fato de sua religião ou por expressar sua opinião, mas sim pela maneira agressiva que ele a expôs e por tomar uma conduta anti ética e DESUMANA.

Tome nota: além do pastor, a bancada é composta por outros envangélicos, que na maioria dos casos são respeitadíssimos tanto pela opinião pública, quanto pelos congressistas. Como foi o caso da ex-senadora Marina Silva, que além de protestante foi inclusive Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minoria (o mesmo cargo ocupado pelo Pastor), compôs outras comissões da Câmara e teve expressiva votação nas ultimas eleições presidenciais.


Sou heterossexual, mas acima de tudo Ser Humano. E o mesmo que prega a Igreja X, prega a Congregação Y. Somos todos filhos do mesmo Pai, iguais e semelhantes a Cristo. Respeito, também é uma conduta ensinada pela bíblia. Conduta esta violada pelas declarações dadas pelo deputado contra negros e homossexuais.

A questão caro Hilton, não é de levantar a bandeira colorida dos GLS, mas sim de respeitar a individualidade de cada um. Como você disse, somos todos irmãos. Acontece que esse senhor esqueceu desse preceito.

O que a população faz é corretissimo, do ponto de vista de exonerá-lo do cargo.
Marcos Feliciano está no Congresso como um representante popular, não como um defensor de classes! Ele deve legislar para todos. Claro, que se algumas práticas forem contra suas crenças e costumes, é totalmente aceitável ele não ser a favor. Porém é exigido que se tenha respeito pela vida humana.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o texto acima.

Anônimo disse...

Caro Hilton França.
Creio que tu esteja equivoca em um ponto muito importante. Por definição o governo e seus membros não podem misturar crenças religiosas e direitos democráticos. O governo é laico.
Marco Feliciano emitiu dizeres racistas e discriminatórios oriundos de convicção religiosa.
Não é aceitável que um representante do povo misture politica e religião, mesmo porque segundo a bíblia todos somos iguais perante Deus.
Os atos do deputado não se diferem em nada dos praticados nos países ondem imperam o radicalismo religioso, onde por exemplo cristãos são queimados vivos por simplesmente serem cristãos.

Anônimo disse...

Luis, concordo com vc em tudo que postou de comentario , acho que as pessoas antes de fazer uso da net esteja munido de informaçao pois nem sempre sabem o que falam e quem apareçer

Hilton disse...

quem disse que o Marcos feliciano não pode opinar sobre o que ele quiser, mesmo sendo parlamentar. Pelo que vi, os comentaristas não entenderam meu texto. Quem disse que pode ou não pode ter uma bancada evangélica no congresso, pra mim, isso continua sendo democracia no seu estado máximo. Vocês estão se esquecendo, e estão fazendo questão disso, estão se esquecendo que tem uma parte do povo o querendo fora da comissão e tem uma outra parte do povo o querendo na comissão, ou vocês acham que só existe uma voz contra ele no país????? Não mesmo, tem uma multidão o querendo lá......isso é democracia minha gente. Tenho certeza que se os verdadeiramente cristãos católicos e evangélicos baixarem em frente do congresso, milhões e milhões deles vão aparecer por lá.....democracia de novo. Feliciano foi eleito legitimamento, primeiramente pelo povo e depois pelos partidos pra estar naquela comissão. E mais, eu falei também da Joelma do Calipso, e fizeram questão de não perceberem isso. Até um filme que iam fazer sobre o Calipso, já era, não vão mais fazer, e porque???? Porque ela deu uma opinião, só isso. Problema dela se era uma opinião religiosa ou não, ela só não pode matar pessoas e nem ser a favor disso em nome de sua crença. Quem disse que não posso ser contra o homossexualismo???? Ou ser a favor????? Democracia de novo. Povo hipócrita, posso ser religioso na minha vida comum, mas não o posso ser como político no congresso. No brasil posso ser o que eu quiser, é um país democrático. Quando falei de católicos e evangélicos no texto, estava chamando a atenção deles, pra que todos se posicionem a favor da democracia, que venham defendê-la com unhas e dentes. Podemos pensar e falar o que quisermos, nossa constituição defende isso. Mas não, na tv, no blog, no rádio, no jornal se falarmos contra gays, se pensarmos contra, já era, somos massacrados, isso é ditadura, e mais, ditadura gay. Sobre o Feliciano, continuo dizendo, não concordo com o que ele faz ou fala, eu não gostaria de ser ovelha dele. Agora, isso é simples de resolver, é só o povo não votar nele.....democracia de novo. Se votarem, democracia de novo. Minha opinião e nem a sua é crime, mas no Brasil pra muitos, é sim!
Ouçam o que o Alexandre Garcia, jornalista de renome do sistema globo de comunicação, falou sobre o assunto. Esse é um comentário correto, o resto é bla bla bla de quem não entende que somos democráticos, e segundo a constituição posso crer e falar o que eu quiser! Eis o àudio: https://www.youtube.com/watch?v=6KmY-Ia3xuI

Anônimo disse...

Olá a todos,caro Hilton todos nós temos a liberdade de expressar nossa opinião seja ela religiosa ou politica sem sermos sensurado.no caso do parlemantar em questão por está no cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos ele nâo pode de maneira nenhuma fala estas besteira que ele está falando pois ele defende os direitos humanos e todos sem distinçâo de raça,cor,opção sexual,merece ser respeitado.No caso da Joelma ela tambem falou bobagem e ainda nâo se desculpou pois sendo uma pessoa publica tem que pensar nas consequencias antes de falar pois estes drogados que ela citou foi quem colocou ela famosa e eles merecem respeito.e voçê Hilton faça uma reflexâo sobre a sua opinião pois falando assim é voçê que está querendo voltar com a ditadura apoiando este cara ou voçê tambem acha que na sua igreja ôs homosexuais e drogados não pode entrar..

Anônimo disse...

Olá a todos,caro Hilton todos nós temos a liberdade de expressar nossa opinião seja ela religiosa ou politica sem sermos sensurado.no caso do parlemantar em questão por está no cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos ele nâo pode de maneira nenhuma fala estas besteira que ele está falando pois ele defende os direitos humanos e todos sem distinçâo de raça,cor,opção sexual,merece ser respeitado.No caso da Joelma ela tambem falou bobagem e ainda nâo se desculpou pois sendo uma pessoa publica tem que pensar nas consequencias antes de falar pois estes drogados que ela citou foi quem colocou ela famosa e eles merecem respeito.e voçê Hilton faça uma reflexâo sobre a sua opinião pois falando assim é voçê que está querendo voltar com a ditadura apoiando este cara ou voçê tambem acha que na sua igreja ôs homosexuais e drogados não pode entrar..

Marcos Santos disse...

É interessante ver essas discussões, todos querem expor seus pontos de vista. Mas o fato é que todos podem ter suas religiões ou não, ser de um partido politico ou não e ser a favor ou contra algo. O que não é possível é querer passar sobre o direito do outro.
Feliciano ofendeu negros e homossexuais (o que é crime), Joelma deu uma declaração que nos leva a crer que ela é homofóbica (o que é crime).
Podemos sim expressar nossas idéias, convicções mas sempre com o cuidado de não ferir o direito dos outros.
So porque uma pessoa foi eleita por um grupo de pessoas não quer dizer que ela pode fazer o que bem entende e nem que representa os demais que nele não votaram. E mesmo que tivessem votado, como foi dito em um comentário anterior o governo é "LAICO", ou seja, não possui religião, não se pode usar preceitos religiosos para governar o povo.
A história humana está manchada de crimes cometidos por pessoas que tinham a religião como pretexto.
Feliciano e Joelma podem expressar suas opiniões,mas terão que sofre as consequências de dizeres não proferidos.
Evangélicos podem ter sua bancada no congresso, mas não poderão usar de preceitos religiosos para legislar sobre assuntos de cunho democráticos.

Anônimo disse...

No Brasil, você tem o direito de dizer o que EU quiser.É a nossa pseudo liberdade de expressão. Aliás existem, inclusive, leis que tapam a boca do cidadão para opiniões que desagradam os grupos dominantes.

Ninguém tem o dever de gostar de preto, branco, viado ou hetero, estamos falando de sentimento e sentimento é algo interno ao ser, e portanto incontrolável. Deve-se, sim, coibir as AÇÕES prejudiciais a quem quer que seja, porque é o justo a se fazer. Porém, oprimir aos que tquerem expressar as ideias e opiniões é uma burrice sem fim, mesmo porque é do debate que nasce a verdade.

Acho esse pastor um espertalhão, mas sou obrigado a adimirar a sua coragem de enfrentar a mídia fascista, que elegeu o Collor, depôs o Collor e deseduca o nosso povo com sua política de monoideismo.

PS,
Só prá lembrar: Pegar o sal diretamente do mar, e não comprá-lo dos ingleses, também era crime na India de Ghandi.

Hilton disse...

o estado laico não pode impor o que devo ou não acreditar, falar ou não falar, é fato. Mas, O estado laico vive indo atrás dos cristãos pra pedir votos em época de eleição, subindo em púlpitos e altares eclesiásticos, sendo que até a presidenta Dilma foi atrás dos assembleianos, e fez algumas promessas à eles. Não concordo, mas fazer o que??? Mas isso aí pode neh???? Agora, ter parlamentares cristãos para representá-los e defendê-los não pode?????? Me respondam por favor; Jean Wyllys foi eleito por qual segmento da sociedade???? Quem que ele tem defendido vorazmente no congresso??? Os cristãos????? Não, não mesmo! O movimentos LBGT??? Sim! Ele quer ou não quer criar leis pra calar, sufocar e massacrar os cristãos????? Sim, o Jean Wyllys quer! Opa! Não é laico o país????? Pensar e falar não é livre???? Sim é, mas querem calar a outra parte da sociedade que pensa diferente. Assim como os cristãos não podem calar ninguém, cada um tem o livre arbítrio de fazer com a vida o que quiser, como também os movimentos LGBTS do Brasil não podem criar leis, tipo a PL 122 pra calarem os cristãos. Sabe como se chama isso minha gente???? Hipocrisia, e das grossas. Quem disse que não concordar com o comportamento homossexual das pessoas é sinônimo de homofobia???? Nunca foi. Sou contra o homossexualismo, e no entanto, não tenho vontade de matar ninguém por usar a genitalha diferente da minha, nem passa pela minha cabeça uma coisa dessas. Mas se alguém mata um homossexual, existe polícia e delegacia, cadeia nele. Ahhhhhhhh, mas alguém gritou no Brasil que isso era ser homofóbico e todo mundo, que não sabe nem o que significa homofobia, acreditou. Tolinhos. Não acredito em espiritismo, agora eu sou um espiritofóbico????? Não sou Católico, com isso agora eu sou um catolicofóbico??? De jeito nenhum. Os gays são naturalmente a favor do homossexualismo, quer dizer que todos agora são heterofóbicos???? Faça-me um favor gente, vamos pensar, ainda não custa nada. Nesse país, hoje estão mais preocupados com a bunda do que com os líderes do Pt julgados no mensalão que estão na outra comissão que inclusive é mais importante do que a comissão do Feliciano. Não posso ver diante de mim injustiças com um ou com outro e ficar calado ou parado. Vamos falar a verdade! De democrático esse país tem poucas coisas, porque até votar eu sou obrigado! Não vota não pra vê. Vc não tira passaporte, não participa de concursos públicos, enfim, tem muita coisa errada do lado de k e do lado de lá da cidadania no Brasil!

Anônimo disse...

NUNCA VI UM PASTOR DE IGREJA PEDIR O CARTÃO, E ATÉ A SENHA DA PESSOA , HA ESSA FOI
DE MAIS.

Anônimo disse...

O cara é um pilantra usando da religião para enganar os ignorantes e ainda tem gente que defende!

Neyd disse...

Concordo pelenamente com você Hilton!!!
Diante da Biblia Homossesualismo e Pecado e não importa o que façam pra tirar o Pastor Marco Feliciano de lá pois ele foi colocado lá por Deus, e como devemos respeitar os homossexuais eles também devem respeitar a opinião das outras pessoas. Ninguém e obrigado a levantar a bandeira Deles e apoiar pois os evangélicos conhecem a verdade a Biblia nos mostra isso claramente
Resposta: A Bíblia nos diz de forma consistente que a atividade homossexual é pecado (Gênesis 19:1-13; Levítico 18:22; Romanos 1:26-27; I Coríntios 6:9). Romanos 1:26-27 ensina especificamente que a homossexualidade é resultado de negar e desobedecer a Deus. Quando a pessoa continua em pecado e incredulidade, a Bíblia nos diz que Deus “a abandona” a pecado ainda mais perverso e depravado para mostrar-lhe a futilidade e desesperança da vida longe de Deus. I Coríntios 6:9 proclama que os “transgressores” homossexuais não herdarão o reino de Deus.

Deus não cria a pessoa com desejos homossexuais. A Bíblia nos diz que a pessoa se torna homossexual por causa do pecado (Romanos 1:24-27), e definitivamente por sua própria escolha. A pessoa pode nascer com grande tendência à homossexualidade, da mesma forma como algumas pessoas nascem com tendências à violência e outros pecados. Mas isto não é desculpa para escolher o pecado, cedendo aos próprios desejos pecaminosos. Se uma pessoa nasce com grande tendência à ira, isto faz com que seja certo que, então, ceda a esses desejos? Claro que não! O mesmo é verdade com relação à homossexualidade.
OBS A MINHA OPINIÃO NÃO SIGNIFICA QUE EU SEJA HOMOFOBICA.

Anônimo disse...

O codigo penal ja pescreveu hoje é impresa penal!!!!
maria vai com as outras o que a midia falar as marias acredita.

Anônimo disse...

Pelo visto a discussão partiu para o lado religioso. Sendo assim vamos a fatos:
1 - Primeiro que não foi Deus que elegeu o Deputado, foram as pessoas que votaram nele e se foi vontade de Deus que eles votassem nele, Deus é culpado pelos políticos corruptos. Se foi influência do demônio, novamente foi culpa de Deus que não evitou.
2 - A bíblia foi escrita por pessoas e não pelas mãos de Deus, ou seja, tiram os fatos históricos não há provas que sustem que a veracidade do que é dito.
3 - Se o pecado que leva ao homossexualismo, como explicar padres homossexuais? Eles não irão para o céu?
4 - Os animais também pecam? Existem muitas especies que praticam o homossexualismo, outras até trocam de sexo. Será que é coisa do Demônio e Deus não faz nada?
5 - É contra a vontade de Deus uma pessoa gosta de outra? Sempre achei que era contra Deus quando uma odiava a outra.
6 - Não me lembro de ter visto nenhuma passagem na Bíblia falando que Cristo discriminava as pessoas por algum motivo.

Hilton disse...

O foco gente, deixe-me lembrá-los, é democracia, e não religião. Quando falei de religião, falei que a mesma também tem que seguir a democracia, não mais do que isso! kkkkkkkkkkkkk Ta rendendo hein????? Falei uma coisa, e já foram discutir uma outra coisa. Eita povo brasileiro!

Anônimo disse...

Acho que todos estão discutindo assuntos diferentes.
Primeiro que Democracia se refere a participação popular no governo.
Estão confundindo Democracia com Liberdade de Expressão.
O título do post deveria falar da Censura, esta sim, acontece com frequência no Brasil.
A constituição nos garante direito de livre expressão de pensamento. Mas existem limites, um cidadão não pode infringir o direito do outro e incitar ou promover apologia ao crime.
No caso, o Deputado incitou o ódio (não sou eu quem disse isso http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/declaracoes-de-feliciano-incitam-o-odio-diz-ministra).

Hilton disse...

é claro que sei que existem assuntos diferentes no meu texto, agora, é òbvio que tentei colocar alguns assuntos dentro do mesmo pra encurtar o caminho, mas fizeram questão de interpretá-lo cada um a sua maneira. Se eu colocasse tudo que penso a respeito, não escreveria um texto tentando mostrar para as pessoas o que é democracia, não importando o jeito como ela funciona, escreveria um livro. As pessoas quando querem ser más ou boas, diante de cada contexto da vida, vão ser, só depende de como querem viver suas vidas, agindo com ética, sensatez, justiça ou não. Eu quero ser bom, se as pessoas não querem, cada uma é dona do seu próprio nariz, e colherá o que semeou. Enfim, tomemos muito cuidado ao julgar pessoas e situações, porque poderemos estar cometendo um grande erro contra elas, ou no mínimo, alguém estará o cometendo contra nós. Até mais pessoal!

Anônimo disse...

Pessoal, tudo bem em defender o Marco Feliciano, os gays ou a democracia!
Mas por favor tira a "Ç" do você.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...