terça-feira, 2 de abril de 2013

Mais duas pessoas morrem em Teófilo Otoni com suspeita de dengue hemorrágica



Minas Gerais registrou mais duas mortes que podem ter sido ocasionadas por dengue. Os óbitos aconteceram em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, que vive uma epidemia da doença. 
 As duas mulheres, de 57 e 74 anos, foram atendidas primeiro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e transferidas para o Hospital Santa Rosália. Na unidade de saúde, a primeira vítima morreu no sábado (30) e a outra faleceu na segunda-feira (1º). A coordenadora de epidemiologia do município, Ana Paula Caliman, informou que as pacientes tinham sinais de dengue hemorrágica. “Uma teve sangramento na hora de entubar e a outra teve sangramento na gengiva”, explicou. Entretanto, a Secretaria Municipal de Saúde não especificou qual das vítimas morreu no sábado e no domingo.
 
De acordo com a coordenadora, amostras de sangue das mulheres foram encaminhadas para a Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte, para confirmar o diagnóstico. O resultado deve ficar pronto dentro de 30 dias. A coordenadora afirmou que já foram notificados mais de 4.200 casos e que seis pessoas morreram com suspeita de dengue.
 
Teófilo Otoni vive uma epidemia de dengue. Conforme Ana Paula,  desde janeiro, quando a nova gestão assumiu a prefeirura, 30 funcionários foram contratados para deter a doença. Além disso, mutirões de limpeza  estão sendo realizados. Para a corrdenadora, o aumento da dengue se deve à demora do início dessas ações.  
 
Minas Gerais
 
O relatório da Secretaria de Saúde de Minas Gerais aponta 37.821 casos confirmados da doença em 2013, sendo que 88 destes são do tipo hemorrágico ou com complicações. Ainda segundo os dados da SES, 31 pessoas morreram por causa da dengue no Estado e esse número deve aumentar.    
OTEMPO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...