segunda-feira, 29 de abril de 2013

Representantes do movimento #Rede de Capelinha participam de reunião com ex senadora Marina Silva em BH

  ex-senadora Marina Silva esteve neste sábado em Belo Horizonte, para colher assinaturas para o novo partido A REDE, e participar de uma reunião com os militantes do movimento de várias cidades de Minas Gerais, incluindo os representantes do movimento Pró Rede de Capelinha MG.

 Marina, que venceu a eleição na capital mineira no primeiro turno da disputa presidencial de 2010 com cerca de 126 mil votos a mais que a presidente Dilma Rousseff, aproveitou a passagem por Belo Horizonte para criticar a tramitação no Congresso Nacional do projeto de lei que dificulta a criação de novos partidos. Para ela, a proposta é uma tentativa de inviabilizar sua candidatura a presidente em 2014. Segundo Marina, a população também enxerga isso como um manobra e a solidariedade ao Rede tem aumentado em função dessa proposta, cuja tramitação foi suspensa pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, na quarta-feira. 
“As pessoas percebem que essa é uma lei de encomenda para nos inviabilizar. Essa atitude autoritária da base do governo, do PMDB e do partido do Kassab (Gilberto Kassab, presidente do PSD) é um atentado à nossa democracia. Até porque, o Brasil sempre foi pluripartidário e é isso que está sendo quebrado”, critica a ex-senadora, que tachou o projeto de “casuísmo”

De manhã, Marina visitou a região do Barreiro e no início da tarde foi para a Savassi, na Zona Sul, em busca de adesões à criação do Rede. Para ela, um partido voltado para a proteção do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável sensibiliza pessoas de todas as idades. 
 
Na Savassi, a ex-senadora custava a dar alguns passos, já que a todo momento era cercada por populares interessados em conversar e tirar fotos com ela. Hoje, a ex-senadora permanece em Belo Horizonte. Ela visita a Feira Hippie, na Avenida Afonso Pena, em busca de mais assinaturas para a criação do Rede. “É grande o acolhimento das pessoas pela causa e pelo esforço político que a gente está fazendo para ter uma ferramenta política que contribua para que a gente saia dessa estagnação.” 


O partido precisa de 550 mil adesões para ter seu registro aceito no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em Minas Gerais, até terça-feira, o Rede pretende conquistar pelo menos 35 mil assinaturas. De acordo com o ex-deputado federal José Fernando Aparecido de Oliveira, um dos articuladores do partido no estado, o número de eleitores a favor do Rede tem aumentado e ele acredita que a legenda vai estar apta a disputar as eleições de 2014. Sobre o projeto que limita os novos partidos, o ex-deputado foi curto. “O PT tem medo da Marina.”



8 comentários:

Anônimo disse...

Engraçado... Marina Silva "venceu" as eleições em Belo Horizonte? Ela apenas teve mais votos lá. Sim à liberdade de associação e de expressão, mas nada de enfeitar a realidade, como já tem feito o PT.

Anônimo disse...

Ao "Anônimo" do 1º comentário se ela teve mais voto lá quer dizer o quê então que ela perdeu em BH?

Anônimo disse...

A imparcialidade politica e religiosa não deveria existir em veículos de comunicação?

Anônimo disse...

Olha, eu acho que esse site tem um dono, e o dono faz dele o que ele bem quer, já é um favor enorme postando noticias pra que nós possamos acessar. Já que ele não ganha dinheiro com isso, ou seja ninguém paga pelo serviço prestado, ele pode ficar a vontade e usar o site dele pro que ele quiser mesmo. Mas continue com o site, mande esse povo ir procurar o q fazer.

Anônimo disse...

Ohhh anônimo das 10:12 puxa saco,vc não tem nada pra fazer não seu puxa saco.

Anônimo disse...

Eu concordo com o anônimo das 17:49, todo veiculo de comunicação que quer se manter deve ser imparcial.

Mas.. como disse a anonima das 10:12: o site e dele.. entao faça o que quiser. Pouco me importo!

Anônimo disse...

" Já que ele não ganha dinheiro com isso,",mas,é claro que eles os blogueiros ganham dinheiro com os blogs.sao escribas que repetem o que outros jornais já fizeram,mas,a cada visita é um plim plim na conta.

Anônimo disse...

O anonimato é uma desgraça... e serve principalmente para legitimar a burrice. Marina não disputou cargo de prefeito ou vereador em BH. Portanto, ela apenas teve mais votos para presidente lá: perdeu a eleição sim. Dizer o contrário é dourar a pílula. Agora, é significativo que tenha tido mais votos em Belo Horizonte; isso significa que os eleitores belorizontinos estão mais vinculados a suas ideias. Portanto, ela deve apostar mais em Minas Gerais para conseguir o que quer. Ao blogueiro, vá além do "ctrl c ctrl v" e esclareça mais a população. Aos apoiadores, façam o mesmo, sejam mais ponderados e enriqueçam o diálogo. As ideias do movimento #Rede são boas, mas o que se vê são as mesmas práticas de desinformação tentando legitimá-las. Mudança de atitude é preciso, não apenas de palavras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...