terça-feira, 9 de abril de 2013

Suspeito de matar engenheiro namorado de capelinhense em ônibus no Sul de Minas é preso

Fernando Oliveira Miguel foi detido durante um assalto no estado do Paraná (Divulgação Polícia Civil)Está preso o suspeito de matar o engenheiro químico João Gabriel Camargos, de 25 anos, baleado dentro de um ônibus na BR-381, no Sul de Minas Gerais. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, Fernando Oliveira Miguel, 33 anos, foi detido pela Polícia Militar depois de assalto a coletivo em Jaguariaíva no estado do Paraná, no fim de março. 

Em Minas, ele era procurado com o nome de Paulo Monteiro da Silva, uma identidade falsa. A informação sobre a prisão foi divulgada pelo delegado responsável pela investigação Ailton Pereira, que está na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), nesta terça-feira, para discutir o aumento do número de casos de violência em veículos de transporte intermunicipal e interestadual, na Comissão de Segurança Pública. 


De acordo com o delegado regional de Jaguariaíva Gumercindo Athayde, o suspeito foi preso logo depois de assaltar um ônibus que fazia a linha Campinas-Curitiba. A PM da cidade recebeu denúncias com características de Fernando logo depois do crime. Os policiais descobriram que ele estava escondido em um hotel da cidade e o prenderam em flagrante. Com ele foram encontrados documentos, dinheiro e objetos das vítimas do coletivo. 

Segundo Athayde, o homem portava uma carteira de habilitação falsa com o nome de Isaías da Conceição Silva, documento que o assaltante comprou na Praça da Sé, em São Paulo. Os investigadores checaram informações sobre o homem e desconfiaram da identificação. Durante o depoimento em Jaguariaíva, Fernando acabou confessando que usava identidades falsas para fugir da polícia e confessou alguns crimes, inclusive a morte de João Gabriel em Minas. 

Fernando também é foragido da Penitenciaria de Sorocaba (SP), onde cumpria pena de mais de 30 anos. Ele também tem ficha criminal em Goiás. Conforme Athayde, o homem por estar envolvido em mais de cinco assaltos a ônibus, número que o delegado mineiro acredita se ainda maior. 

Sobre a possibilidade de transferência de Fernando para Minas, o delegado Athayde ainda está negociando com autoridades de outros estado. “Vamos depender da autorização dos juízes de direito da comarca. Se ele for transferido para Minas ou para São Paulo vai dificultar a instrução criminal no Paraná. O juiz só deve permitir a saída dele depois da oitiva de todas as vítimas”. Fernando está detido na Delegacia de Jaguariaíva.

O engenheiro morreu na madrugada do sábado, dia 9 de março, em um ônibus da empresa Gardênia, que saiu de Poços de Caldas, Sul de Minas em direção a capital. João Gabriel e a namorada Athena Chaves iam comemorar o aniversário da jovem, com familiares em BH. Por volta de 2h, pouco depois da parada em um restaurante em Perdões, um dos passageiros anunciou um assalto e começou a recolher os pertences de todos no ônibus. 
Ao passar pelo casal de namorados, o suspeito atirou na cabeça do rapaz que, segundo testemunhas, sequer reagiu ao assalto. Tudo indica que o assaltante tenha esbarrado no pé de João Gabriel e por isso se irritou. O engenheiro morreu no colo da namorada e o bandido desceu do ônibus ameaçando o motorista. Ele exigiu que o condutor seguisse viagem até a capital sem acionar a polícia, dizendo que um comparsa estava no ônibus. 

Aguarde mais informações 

Engenheiro químico João Gabriel Camargos, de 25 anos, morreu dentro do ônibus ainda na estrada (Reprodução Facebook)
Engenheiro químico João Gabriel Camargos, de 25 anos, morreu dentro do ônibus ainda na estrada

2 comentários:

Anônimo disse...

Um lixo humano deste,têm pegar e jogar em alto mar p/ os tubarões e outros peixes devorá-lo.

Anônimo disse...

Por esses e outros motivos que sou a favor de pena de morte no Brasil. Um Engenheiro com a vida de sucesso toda pela frente perde a vida por causa de um delinquente. Quem deveria morrer era esse marginal, não pessoas do bem que lutam por uma sociedade justa. Devemos acabar com esse pensamento de que assassinos podem ficar livres por ai depois de passar alguns meses na cadeia. É por isso que o Brasil não vai pra frente! MUDA BRASIL!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...