terça-feira, 28 de maio de 2013

Veja a entrevista com a jovem Capelinhense que fez clipe polêmico



A Jovem Ingryd Rodrigues (á direita na foto), estudante de Jornalismo na UFOP e diz que fez vídeo com a intenção de combater o preconceito contra o amor homoafetivo

Qual foi a motivação principal que te levou a fazer este vídeo?
A ideia toda foi muito motivadora pra mim. Fazer um clipe já foi legal... Fazer um com apelo social era mais legal ainda! Fui motivada por gostar demais de atuar, por fazer isso com uma das minhas melhores amigas e por poder mostrar de alguma forma que o amor não escolhe etnias ou orientação afetiva. Simplesmente acontece. Pelo menos foi o que tentamos mostrar, mesmo que de forma sutil.
Como seus pais reagiram ao saber que você iria fazer este trabalho? Olha, a minha mãe gostou muito, achou muito bonito, me deu todo apoio do mundo. Acho que ela me conhece bastante e sabe muito bem quais são meus ideais e tudo. O meu pai eu não sei rs.. Mas acho que ele deve ter ficado um pouco chocado. Ele é mais conservador. Perguntem a ele e me contem depois.
Depois que o vídeo foi publicado e divulgado, você chegou a ser tratada de forma preconceituosa por algumas pessoas? O retorno desse clipe tem sido extremamente positivo. Não fui tratada de maneira preconceituosa por ninguém. A maioria das pessoas elogia o trabalho e a ideia da coisa toda... Isso me deixa muito feliz, me faz acreditar que ainda há esperança no fim das opressões diversas (homofobia, machismo, racismo...)
Porque lutar contra a homofobia? Homofobia é uma burrice! Você não aceitar que duas pessoas do mesmo sexo se amam e querem ficar juntos é simplesmente estupido na minha concepção... As pessoas tem que entender que elas são responsáveis por si mesmas e o que as outras pessoas fazem não diz respeito a elas. Eu não vejo diferença dos sentimentos de um homem com uma mulher, pra o de um homem com outro homem, por exemplo... E como diria Lulu Santos: "...E a gente vai à luta e conhece a dor. Consideramos justa toda forma de amor!"
Lutemos não só para acabar com a homofobia, mas pra que acabe com essa limitação de mentalidade que nos é imposta... Vamos abrir nossas mentes, ampliar nosso conhecimento e aceitar que não somos donos da verdade em absolutamente nada... Procurar entender MESMO o que acontece, por que acontece, sabe? Parar de apontar mil dedos sem ter um conhecimento real das coisas.Julgar os outros é fácil demais, quero ver é se colocar no lugar deles e passar injustamente pela humilhação, preconceito e sofrimento que eles passam todos os dias.
Você pretende produzir outros vídeos? Se eu for convidada, sim. Gostei muito de fazer esse, foi bem divertido.
Quer seguir a carreira de Atriz? Eu quero agora focar na minha faculdade, pra um dia me tornar uma grande jornalista. Mas uns bicos de atriz de vez em quando podem rolar sim.

Como você vê a questão da Homofobia em Capelinha? Capelinha, assim como o mundo, tem evoluído muito nesse sentido, mas ainda tem muito preconceito enraizado, coisas de família tradicional e religião, que acabam exercendo um controle moral sobre os pensamentos e vontades dos indivíduos. Nada contra religião, mas contra o fanatismo. Acho que tenho até que me vigiar nisso, pois não suporto fanatismo.

Deixe suas considerações finais.
De consideração final eu só quero deixar claro que eu adoro Capelinha, de verdade, sou apaixonada com a cidade... Tenho muitos amigos, família e meu papai lindo que amo demais!
Espero que depois do choque, as pessoas pensem melhor a respeito da homofobia e no quanto podem ser mais tolerantes e sinérgicos com TODAS as pessoas.

*Entrevista concedida ao jornalista Helio Souza 

10 comentários:

Anônimo disse...

Adorei a entrevista!! Muito feliz por saber que pessoas da minha região não são alienadas como muito tenho visto! A verdade é que quem pára para olhar a vida dos outros, olha para o lado e esquece de olha para frente!! Simplesmente não anda e fica estagnada na intolerância e na falta de altruísmo! Tudo que não quero para minha vida!!

Junior disse...

Link para o video?

Rafa Pedra disse...

Link para o clipe:
http://www.youtube.com/watch?v=lHNGxJ7TQAY

Anônimo disse...

A música é ótima! Os atores também. E a gravação ficou muito boa...continuem assim, esperamos mais clipes, desse feito e criatividade

rosaslinda disse...

adorei a entrevista,continue assim pode postar quantos videos quiser verei todos com maior carinho.

Carla H. disse...

Que bacana isso! Tão bom ver gente assim. :)

Anônimo disse...

que safadeza no meu tempo a gente chamava isso de OUTRA coisa.affffffffffff.

Anônimo disse...

Lamentável . pessoas com formações acadêmicas e sem conhecimento da palavra de Deus . não discrimino,porém também não concordo e quero muito ensinar meus filhos que ainda são criança que Deus criou o homem e a mulher para se unirem e gerar filhos. O mundo está carente de Deus!

Anônimo disse...

nossa eu adorei ficou muito bom ai quem me dera.

Lucas disse...

ROMANOS CAPÍTULO 1

22 - Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,
23 - e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
24 - Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
25 - pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
26 - Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
27 - semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
28 - E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
29 - estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;
30 - sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais;
31 - néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia;
32 - os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...