segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Mais Médicos: Médicos que atenderem no Vale do Jequitinhonha receberão R$ 20 mil

Médicos que atenderem no Vale do Jequitinhonha receberão R$ 20 mil

495 cidades mineiras que pediram médicos não foram contempladas, 39 delas estão enquadradas na lista de cidades com pelo menos 20% da população abaixo da linha da pobreza

Uma reunião realizada em Belo Horizonte, na manhã de quinta-feira (22), reuniu prefeitos dos municípios que serão contemplados pelo programa federal Mais Médicos.

Ao todo, 88 profissionais irão trabalhar em 47 cidades do Estado. No início do mês, o governo federal havia divulgado que o Estado poderia receber até 169 médicos na primeira etapa do programa.


O encontro reuniu, além dos políticos, o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães, e os secretários de saúde de Minas. O total de médicos, sendo 72 brasileiros e 16 estrangeiros ou brasileiros que se formaram fora do país, atende apenas 5% da demanda que foi solicitada.


A previsão é de que os profissionais brasileiros comecem a trabalhar no dia 2 de setembro. Já os outros médicos passarão por um treinamento que começa no dia 26 de agosto e termina no dia 13 de setembro. Eles começarão a atender no dia 16 do mesmo mês.


Os selecionados na chamada receberão um salário no valor de R$ 10 mil mais ajuda de custo.
Para os profissionais que forem ao Vale do Jequitinhonha, o valor da ajuda de custo será de R$ 20 mil e para os que atenderem em áreas indígenas sobe para R$ 30 mil. Esse valor será pago no início e no fim do programa.


Além disso, segundo Helvécio Magalhães, 701 municípios do Brasil, que estão sem médicos, receberão profissionais cubanos e Minas pode ser beneficiada nessa fase.


Dados Mais Médicos

Médicos para Belo Horizonte

9 formados no Brasil
7 estrangeiros

Total:16


* Médicos que vão para Municípios com 20% da população abaixo da linha da Pobreza
17 formados no Brasil 
no exterior
Total:21


- ARICANDUVA -1 ( Vale do Jequitinhonha )

BONITO DE MINAS -1 ( norte de Minas)

- CIPOTANEA -1

- CONEGO MARINHO -1

- CORACAO DE JESUS -1

- FERVEDOURO -1

- FREI LAGONEGRO -1

- IBIAI -1

- IBIRACATU -1

- JANUARIA -3

- NOVO ORIENTE DE MINAS -1 ( Vale do Mucuri )

- ORIZANIA-1

- RIO PARDO DE MINAS-1 ( Vale do Jequitinhonha )

- SANTA HELENA DE MINAS -1

- SANTO ANTONIO DO JACINTO -1 ( Vale do Jequitinhonha )

- SAO FRANCISCO -3

- SAO JOAO DO PACUI -1

* Médicos para municípios inseridos em Regiões Metropolitanas


20 formados no Brasil e um no exterior

Total: 21


- BELO VALE -1

- BETIM -1

- BURITIS -1

- CONTAGEM -1

- ENTRE FOLHAS -2

- IGARAPE -1

- IPABA -1

- IPATINGA -3

- ITAGUARA -1

- ITAUNA-1

- MOEDA-1

- NAQUE-1

- NOVA UNIAO-1

- PARA DE MINAS-1

- PERIQUITO-1

- RAPOSOS-1

- RIO ACIMA-1

- SETE LAGOAS-1

- SOBRALIA-1

- TIMOTEO-1

- UNAI-1


Médicos destinados para cidades com mais de 100 mil habitantes

23 formados no Brasil

4 no exterior

Total: 27

- CARATINGA-5

- CORONEL FABRICIANO-3

- ITAJUBA-2

- PASSOS-6

- RIBEIRAO DAS NEVES-1

- SABARA-2

- UBA-6

- VESPASIANO-2

Total em Minas:

88 médicos em 47 cidades, sendo 16 estrangeiros ou brasileiros formados no exterior

Apenas 5% da demanda dos municípios foi contemplada

495 cidades mineiras que pediram médicos não foram contempladas, 39 delas estão enquadradas na lista de cidades com pelo menos 20% da população abaixo da linha da pobreza.

Fonte: O TEMPO/Banu

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...