segunda-feira, 7 de outubro de 2013

População de Itamarandiba lota plenário para cobrar mais segurança

Itamarandiba, Alto Jequitinhonha, vem numa crescente onda de criminalidade, onde atos de vandalismos como incêndios criminosos, assaltos a mão armada, roubos de veículos vem se tornando frequentes no dia a dia da antes pacata cidade Itamarandibana, movido nisso a  população se mobilizou e lotou o plenário da Câmara Municipal, para assistirem a reunião sobre a Segurança Pública, na última sessão Ordinária do dia 04/10, sexta-feira, no Plenário José Sena Neto.

Para discutir e debater os vários problemas na área de segurança pública que vem crescendo a cada dia na comunidade, várias autoridades e representantes políticos se fizeram presentes como o Presidente da Câmara – Eduardo Moreira, os vereadores; Antônio de Pádua, Ciderley Nunes, Claudiney Sena, Jacinto de Fátima, Jair Lopes, José Adauto, Marcos Morais, Sebastião Amaro, Sebastião de Oliveira, Valdir Santos e Vanderlei Carneiro, representando a Polícia Civil o Delegado – Dr. Vinícius de Barros, representantes da Polícia Militar Tenente Rocha e Sargento Orlando, representando o Prefeito de Itamarandiba Erildo Gomes, o Chefe de Gabinete – Alberto Veraz e também contou com a ilustre presença do Deputado Estadual – Sargento Rodrigues.

Tenente Rocha – Disse ter conhecimento da atual situação da segurança pública no município de Itamarandiba, também das cidades que atua como Aricanduva e Carbonita. Levantou um dado entre o período de 2010 a 2013, de 14 municípios da região, Itamarandiba ficou em segundo lugar no ranking de apreensão de armas, sendo 180 armas apreendidas, números altíssimo para uma cidade de 33 mil habitantes. Falou que hoje trabalha com 18 policiais para atender uma grande demanda na cidade, que não é o suficiente.
Delegado Dr. Vinícius Barros – Relatou que ao chegar à cidade se deparou com mais de quatro mil procedimentos acumulados, devido à cidade ficarem sem delegado por mais de dois anos. Disse que trabalha com cinco policiais civis para atender três cidades, encontrando bastantes dificuldades para trabalhos como de investigações. Expôs a ausência de políticas públicas para concretização dos trabalhos e o grande número de menores envolvidos na criminalidade que estão envolvidos no tráfico de drogas, gerando brigas entre gangues rivais.
Sargento Orlando – Falou da grande demanda encontrada atualmente na cidade e o efetivo policial insuficiente. Disse sobre ações de prevenção a criminalidade como, por exemplo, PROERD entre outras feitas pela PM.
Alberto Veraz – Enalteceu o trabalho da Polícia Militar e Civil, disse que a prefeitura é parceira com vários convênios firmados como abastecimento de combustível das viaturas entre outras. Reconhece o aumento da criminalidade na cidade, disse que Itamarandiba sempre foi discriminada por governos que não olharam para a cidade com bons olhos e salientou que o Prefeito está fazendo cobranças junto a órgãos competentes para amenizar o problema.
Deputado Estadual Sargento Rodrigues – Expôs o cenário da atual situação que se encontra a segurança pública no Brasil, e diante dos fatos irá solicitar uma audiência pública para que a Comissão de Segurança Pública da Assembléia, na qual é vice-presidente, possa estar na cidade de Itamarandiba o mais rápido possível para atender e ouvir o clamor da população. Falou sobre o desarmamento e o acolhimento dos cidadãos junto aos trabalhos realizados pela Polícia na repreensão da criminalidade.
Durante a reunião a platéia fez várias perguntas para a mesa composta como; por que Itamarandiba não tem uma Policial Militar feminina, como reivindicar mais efetivo policial, entre outras.
A mesa respondeu que a mobilização entre os comandantes e governo é um meio de conquistarem mais efetivo policial, mas disse que a pressão popular é que faz a diferença. Também foi citado sobre as leis brandas, que em um mesmo crime uma pessoas acima de 18 anos pode pegar até 30 anos de pena, já uma pessoa menor de 18 anos não passa de 3 anos de medida educativa.
Hoje a Polícia Militar recebe ligações pelo telefone 190, mas, caso a pessoa não queira se identificar pode acionar o número 181, que a identidade e as informações serão recebidas em sigilo.
ita 2
População cobram mais policiais e atendimento das solicitações quando ligam no 190
Ouvem denúncias quanto ao atendimento das Polícias Civis e Militares, na demora do atendimento e às vezes não são atendidos os chamados requeridos pela população.
Outro assunto relevante foi levantado sobre o incentivo ao esporte, para que os jovens possam ter lazer e ficarem cada vez mais longe do mundo das drogas e da criminalidade.
Diante de tudo que foi discutido em reunião, para que possa se concretizar e as autoridades olhem com carinho para a população, é preciso como foi citado em reunião, que a os mesmos participe e cobrem, não apenas nas redes sociais, mas mostrem serem cidadãos com ações que contribuamcom o crescimento da cidade.
ita 3
Outros aproveitaram da audiência para reivindicar incentivo ao Esporte municipal
Em certo momento, a reunião ficou as escuras, devido à queda da energia elétrica, outro problema que aflige a população e contribui no aumento da criminalidade na falta de um serviço prestado com eficiência.
Ao final da reunião os integrantes da mesa fizeram suas considerações finais, o Presidente da Câmara – Eduardo Moreira agradeceu a presença de todos da platéia convidando a participarem das outras reuniões que acontecerão, não apenas com esse tema, mas também outros assuntos de interesse da comunidade e destacou principalmente a presença do Deputado Sargento Rodrigues, e por fim deu por encerrada a sessão.
Fonte: Itamarandiba Hoje

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...