segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

População lota plenário e vereadores evitam votar projeto de lei em Aricanduva


Os vereadores do município de Aricanduva, no vale do Jequitinhonha, estão travando uma verdadeira “queda de braço” com a chefe do Executivo, a prefeita Arlete, por conta de um projeto de lei que solicita autorização para suplementar o orçamento do município em até 30%.

 A Câmara já havia feito uma “manobra” contra o projeto, recentemente, aprovando a autorização para que a Prefeitura suplementasse até 0,05% (cinco centésimos) do orçamento total, que é de R$ 15,8 milhões aproximadamente. A Prefeitura havia pedido autorização para suplementar até 50%, como vinha sendo aprovado no mandato anterior. Como o índice aprovado pela Câmara 0,05% praticamente inviabiliza qualquer remanejamento de recursos dentro do orçamento, a prefeita enviou novo projeto ao Legislativo, pedindo autorização para suplementar até 30%. 

A votação devera ocorrer na última sexta-feira, 24, mas, apesar da presença maciça da população, mas a maioria dos vereadores não compareceu à Câmara Municipal. “Isto demonstra o profundo desrespeito deles (vereadores de oposição) para com o povo. a maioria dos vereadores não compareceu, se acovardou. Será que eles acharam que a mobilização seria incipiente? Será que eles pensaram que a população está realmente satisfeita com as atitudes revanchistas e de ódio desse pequeno”, questionou um dos moradores presentes à Câmara Municipal na sexta-feira passada. 

De acordo com a prefeita, a comunidade de Aricanduva demonstrou força, união e se indignou com tanto desprezo e desleixo da maioria dos vereadores. “Vamos continuar lutando, porque temos o apoio da maioria do povo e não vamos ceder ou nos acovardar diante destes que até hoje não aceitaram a derrota que tiveram nas eleições passadas e tentam de todas as formas prejudicar a atual administração”, concluiu Arlete. 

Fonte: Jornal Conexao

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...