sábado, 29 de março de 2014

Rede apoia o professor Apolo Heringer para o governo de Minas



O coletivo Rede Sustentabilidade oficializou o pré-lançamento do professor de medicina Apolo Heringer (PSB) ao governo de Minas. A decisão leva o partido a disputar no voto a indicação socialista ao Palácio. Isso porque o PSB defende o nome do prefeito Marcio Lacerda como cabeça de chapa.

A falta de consenso dos aliados sobre os rumos do PSB em Minas alimenta rumores de que a parceria com a Rede no Estado anda “estremecida”.

“A candidatura do Apolo ao governo não implica em impor de forma alguma qualquer tipo de constrangimento ao PSB, pelo contrário. Estamos dando uma alternativa ao povo mineiro”, declarou um dos fundadores da Rede, José Fernando Aparecido. De acordo com ele, a ata lavrada na terça-feira na qual definiu-se o nome de Apolo foi encaminhada à cúpula nacional do partido e a todos os filiados.

O presidente do partido em Minas, Júlio Delgado, admite a possibilidade da legenda bater chapa na convenção. Ele disse desconhecer a indicação de Apolo pelos aliados. “Recebo essa manifestação, mas ela vai ser submetida ao interesse do partido, a um projeto maior. Como te disse, Marcio é o nome do PSB, pois tem condições reais de se eleger. De qualquer maneira, veremos na convenção”, disse Júlio.

Mesmo negando o constrangimento, José Fernando criticou o acordo firmado entre Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) de fechar palanque duplo em Minas. “Essa estratégia deles é equivocada. Ela não é clara em relação ao nosso pensamento”. Quanto à indicação do prefeito Marcio Lacerda pela cúpula do PSB, José Fernando disse que está ciente da possibilidade. “Ele tem hora e dia para renunciar à prefeitura”, declarou. A convenção será realizada em abril.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...