terça-feira, 1 de abril de 2014

Governo de Minas e Emater apresentam estudo sobre o queijo Cabacinha do Vale do Jequitinhonha

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais e a Emater-MG apresentaram, nesta segunda-feira (31/03), em Belo Horizonte, o estudo técnico de caracterização do Vale do Jequitinhonha como região produtora de Queijo Cabacinha. A caracterização deste produto artesanal é o primeiro passo para o reconhecimento do queijo e da região como produtora para, então, regulamentar a legislação própria que permite a comercialização no território mineiro e, talvez, em outros Estados. Atualmente, há seis regiões reconhecidas como produtoras do queijo artesanal: Cerrado, Canastra, Araxá, Serro, Campo das Vertentes e Triângulo Mineiro.

Durante a solenidade, foi lançado o livro: “Minas Gerais: Caracterização de Unidades de Paisagem”, de autoria do coordenador técnico estadual da Emater-MG Maurício Fernandes.

Segundo o autor, com esse estudo é possível identificar, por exemplo, os solos com maior aptidão para atividades agropecuárias e até quais as áreas com maior risco de inundações nos períodos chuvosos.




















Aconteceu no Vale

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...