terça-feira, 20 de maio de 2014

Itamarandiba se mobiliza contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes


Em Itamarandiba a sensibilização da sociedade sobre o direito de toda criança e adolescente em desenvolver sua sexualidade de maneira segura e protegida, livre de abuso e exploração sexual, foi o foco central das ações desenvolvidas em alusão ao dia 18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual.

Nesse contexto, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, com apoio da Rádio Millenium, Sonorização UAI Sound, Paróquia São João Batista e Polícia Militar, promoveram, no dia 17 de Maio (sábado), grandiosa passeata com distribuição de cartilhas educativas aos comerciantes locais e transeuntes.

Cerca de 400 pessoas foram mobilizadas para a caminhada. Com apitos, faixas e cartazes elas se concentraram na Praça Tancredo Neves e em seguida percorreram as principais vias da cidade até a Praça dos Agricultores. Além de crianças e adolescentes, o movimento contou com a presença do Prefeito de Itamarandiba, Erildo Gomes, Primeira-dama, Arlete Bonfim, Vice-prefeito, Valdessi Fernandes, Presidente da Câmara Municipal, Eduardo Moreira, Conselheira tutelar, Geralda Silva, Secretária Municipal de Educação, Jane Abreu, profissionais dos CRAS’s São Geraldo e Fazendinha, Secretária Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, Cássia Fernandes, e ainda, com a participação de representantes de várias instituições, dentre elas: Centro Social Mali Martin, APAE, Pólo UAB/Itamarandiba, Centro de Referência Sócio Infantil (CASI), Escola Estadual Teodorinho Fernandes e Escola Estadual Coronel Jonas Câmara.

Observando que a mobilização foi uma maneira encontrada para atentar a sociedade ao problema que afeta pessoas de todas as classes sociais, o Prefeito, Erildo Gomes, destacou que o dia 18 de Maio, foi escolhido para lembrar a sociedade brasileira que é preciso combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Ele aproveitou para ressaltar que o movimento, realizado em Itamarandiba, tem como propósito alertar e sensibilizar a sociedade, pais e infantojuvenis quanto à necessidade de todos estarem unidos nessa luta e completou: “A Prefeitura tem executado planos de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. Contudo, essa guerra deve ser travada por todos. A dignidade de nossas crianças e adolescentes depende da nossa luta.”.

Exploração sexual é crime – com pena prevista de 01 a 12 anos de prisão.
Você pode denunciar atos de violência sexual infantil através do Disque 100 e/ou pelos telefones: (38)3521-1681 (Conselho Tutelar), (38)3521-1580 (CREAS), (38)3521-1644 (Policia Civil), 190 (Policia Militar).

GALERIA DE FOTOS:
(Fotos: Ernane Frois / Prefeitura de Itamarandiba) Aconteceu no Vale

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...