quarta-feira, 18 de junho de 2014

Estação de Tratamento de Esgoto de Jequitinhonha entrará em operação em agosto

Município está entre outros sete da região Nordeste onde a Copasa está investindo na implantação de tratamento de esgoto

A cidade de Jequitinhonha, localizada em uma das regiões mais conhecidas do estado e que leva o mesmo nome do município, o Vale do Jequitinhonha, receberá no próximo mês de agosto a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em completo funcionamento.

O benefício para a cidade vai gerar também ganhos para toda a região, já que os esgotos deixarão de ser lançados no Rio Jequitinhonha, a principal bacia hidrográfica do Nordeste do estado e o cartão postal do município.

A ETE começou a ser construída em 2008 e está localizada na zona rural do município, na saída para a cidade de Almenara. Jequitinhonha tem aproximadamente 24 mil habitantes e a ETE vai atender já de início mais de 80% da população.

A Copasa investiu quase R$ 16 milhões para a construção do Sistema de Esgotamento Sanitário, implantando a ETE. Para o encarregado da Copasa na cidade de Jequitinhonha, Cláudio José Pereira, a ETE significa avanço para o município. “Iremos ter uma cidade com saneamento básico essencial para a população e com isso contribuiremos para a diminuição de doenças como a hepatite e a dengue. Além disso, teremos uma redução de doenças de veiculação hídrica, melhorias para o meio ambiente e poderemos ter a chegada de faculdades e indústrias que o nosso município tanto precisa”, destacou.
ETEs na Região Nordeste

Além de Jequitinhonha, a Copasa está construindo ETEs em outras cinco cidades da região Nordeste: Minas Novas, Itamarandiba, Diamantina, Ataléia e Nanuque.

Na Região Nordeste, que abrange os Vales do Mucuri e Jequitinhonha, a Copasa já construiu 14 Estações de Tratamento de Esgoto que já estão em operação ou em fase de testes, nas seguintes cidades: Teófilo Otoni, Serra dos Aimorés, Carlos Chagas, Malacacheta, Serro, Turmalina, Carbonita, Almenara, Itaobim, Araçuaí, Pedra Azul, Joaíma, Mata Verde e Divisópolis.

E para outras cinco cidades o projeto de implantação das ETEs já foi aprovado e as obras devem começar em breve: Capelinha, São José do Jacuri, Medina, Novo Cruzeiro e Poté.

- See more at: http://aconteceunovale.com.br/portal/?p=32271#sthash.Ua7OROld.dpuf

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...