segunda-feira, 9 de junho de 2014

Número de desaparecidos no Brasil pode crescer com a Copa


A cada hora, 28 pessoas desaparecem no Brasil. No fim de um ano, são 250 mil desaparecidos. A estimativa é do advogado Arnaldo Gesuele, que teme que esses números aumentem ainda mais com a Copa do Mundo no país. “O desaparecimento de crianças e adolescentes ocorre por demanda. O Brasil irá receber cerca de 600 mil turistas, e parte deles virá apenas para praticar o ‘pornoturismo’. A capital (do turismo sexual) será Fortaleza, porque isso é muito forte no Nordeste”, diz.

Sensibilizado por essa triste realidade, que conheceu após uma reunião com mães de desaparecidos, Gesuele criou o site Meu Filho Sumiu (www.meufilhosumiu.com). Em apenas oito meses no ar, a página já conta com 7.521 cadastros de desaparecidos.

O sistema de divulgação em massa também está disponível nas redes sociais (Facebook e Twitter) e aplicativos para celular, e já atinge 4 milhões de pessoas. “Ultrapassamos as 19 mil curtidas no Facebook, e quando as pessoas compartilham os alertas (posts), se tornam vigilantes voluntários. No primeiro alerta que soltamos, já tivemos mais de 1 milhão de visualizações e 160 mil compartilhamentos. Não queremos justiceiros, quem prende e investiga é a polícia”, diz Gesuele.

O alerta do advogado já foi retratado também pelo jornalista Mauri König, no livro “O Brasil Oculto”, lançado em 2013. Ele percorreu 42 mil km pelo Brasil para mostrar que, por trás dos famosos pontos turísticos, existe um mundo obscuro que alimenta o tráfico de pessoas.

Situação. Mais de 2.798 casos de pessoas desaparecidas estão sendo investigados atualmente pela Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida da Polícia Civil de Minas Gerais (veja infográfico).

A chefe do órgão, Cristina Coelli, afirma que não é possível prever um aumento no número de desaparecidos por causa do Mundial e das Olimpíadas, mas reconhece que a situação deve ser uma preocupação de todos no país. “Estamos percorrendo os 22 departamentos de polícia no Estado para levar informação. Estamos bem próximos desses eventos, e é preciso conscientizar para prevenir”, diz.

No Brasil, porém, segundo o Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos, existem apenas 353 casos em 20 Estados. Além de ser uma reclamação de diversos setores ligados à busca de desaparecidos, a ausência de dados oficiais e o uso incorreto do cadastro foram reconhecidos pela própria Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal. “Para funcionar é preciso contar com a participação dos Estados, porém eles não inserem esses números”, disse uma assessora por telefone.

Informações

Telefone. Todas as informações acerca de pessoas desaparecidas devem ser comunicadas à Polícia Civil de Minas Gerais. A pessoa deve ligar para o número 0800-2828-197.

O que fazer?

Prevenção: Sempre procurar registrar fotos das crianças a cada seis meses, pois elas mudam rápido.

Contato: Sempre deixar uma pulseirinha ou um papel com o telefone de contato com a criança, pessoas com deficiência e idosos.

Desaparecimento: Ao constatar o sumiço, fazer o registro imediato por meio de um Boletim de Ocorrência, em qualquer delegacia de polícia.

OTEMPO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...