quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Sonho de cursar medicina vira batalha na justiça para jovem do Vale do Jequitinhonha

Juan Rodrigues Oliveira Gusmão, de 17 anos, é morador de Itinga. Ele tenta garantir na justiça o direito de estudar na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

Residente no município de Itinga, no Vale do Jequitinhonha, o estudante Juan Rodrigues Oliveira Gusmão, 17 anos, sempre estudou em escola pública e nunca teve problemas com notas.

Em 2013, quando ainda cursava o 1º ano do ensino médio, o adolescente resolveu fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e conseguiu uma nota tão boa que garantiria a ele, uma vaga nos cursos de engenharia, nas federais UFMG e UFOP, porém, não tentou se matricular, pois o sonho dele era cursar medicina.

Aluno do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), Campus Araçuaí, onde foi aprovado em primeiro lugar para o ensino médio integrado em informática, Juan sai de casa todos os dias às 5 da manhã e percorre cerca de 42 km para chegar até a escola e só retorna às 19 horas.

Ano passado ele voltou a fazer o Enem. A boa pontuação obtida garante a Juan uma vaga em cursos que recrutam pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU).

O estudante decidiu tentar a matrícula para o curso de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), na cidade de Sinop. Como ainda não concluiu o ensino médio, foi barrado na hora de fazer a matrícula. Para conseguir realizar o sonho do garoto, a família entrou com mandado de segurança na Justiça, e agora aguarda decisão do Juiz.

A mãe de Juan, Sueli Rodrigues Oliveira Mendes, conta que o currículo escolar do filho sempre foi um orgulho. “Morei por 10 anos em Portugal, onde ele viveu por 3 anos. Ele tem fluência em inglês e francês e já participou de vários eventos científicos, como por exemplo a Olimpíada Brasileira de Robótica.”, conta a mãe.

“Sei que não depende de mim, fiz minha parte, mas dependo da decisão do juiz que acredito que seja favorável. Minha vida profissional esta nas mãos dele já que estamos à espera para a mudança. Não joguei na sorte, mas sei que as oportunidades devem ser aproveitadas e é o que desejo fazer.” conclui Juan.

Gazeta de Araçuai

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...