terça-feira, 4 de agosto de 2015

Assessor de prefeitura no Vale do Jequitinhonha encontrado morto em casa será sepultado nesta terça


Será sepultado nesta terça-feira, em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, o corpo do jornalista André Luiz de Sá, de 39 anos, que era assessor de imprensa da prefeitura local. O corpo dele foi encontrado em sua casa. André Luiz apresentava ferimentos na cabeça, com sinais de que foi morto a pauladas. A delegada regional de Pedra Azul, Maria Aparecida Mota Martins, que apura o caso, informou ontem que já tem uma linha de investigação e que foram levantados “alguns suspeitos”. Mas, ela não entrou em detalhes, “para não atrapalhar as investigações”. Por outro lado, segundo uma fonte, o crime pode estar ligado a um relacionamento sexual da vítima.

André Luiz é o segundo jornalista assassinado no Vale do Jequitinhonha em menos de três meses. No dia 18 de maio, foi encontrado na beira de uma estrada de terra, na zona rural de Padre Paraíso, o corpo de Evany José Metzker, de 67, que mantinha um blog noticioso na região, o “Coruja do Vale”. A morte de Metzker ainda continua sendo investigada. Foi decretado pela justiça sigilo no inquérito e ainda não sabe se o crime está relacionado com a atividade da vítima.

A casa de André Luiz ainda estava em construção – em fase de acabamento. O corpo foi encontrado no chão, dentro um quarto. Ele teria sido morto por volta da 1h e foram encontrados pedaços de madeira perto do corpo. O carro de André Luiz, um Fiat Palio, foi deixado estacionado em frente a casa. Nenhum bem material foi levado. Por isso, a hipótese de latrocínio – matar para roubar – foi descartada pela polícia. Também não há vestígios de que a vítima lutou contra o autor do crime.

O corpo do assessor da prefeitura foi localizado por volta das 8 horas de ontem, depois que vizinhos perceberam que o alarme da casa em fase de acabamento tinha disparado, sem ser notada a presença de nenhum estranho no local.

A assistente social Rosana Luiz de Sá, irmã de André Luiz, disse que o jornalista não tinha inimigos e que desconhece completamente a motivação do homicídio. O corpo do jornalista foi necropsiado no Instituto Médico-Legal (IML) de Almenara e será sepultado em Araçuaí no fim da manhã desta terça-feira. Devido à morte do assessor de imprensa, a prefeitura da cidade decretou luto oficial por dois dias.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...