segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Mulher é assassinada pelo namorado em Malacacheta


A doméstica Isaura Rodrigues Mendes, de 38 anos, foi assassinada a facadas na manhã desta segunda-feira, 26 de outubro, em Malacacheta, no Vale do Mucuri. O namorado da vítima, o servente de pedreiro José Nunes dos Santos, de 29 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) e confessou o crime. O assassinato ocorreu por volta das 8 horas na Rua Doutor Alfredo Sá, no Centro da cidade.

e acordo com a PM, uma guarnição policial realiza patrulhamento próximo ao local do crime, quando depararam com o suspeito José Nunes bastante exaltado e com algumas manchas de sangue nas mãos. O homem se aproximou da viatura e relatou que havia esfaqueado a sua namorada. Após confessar o crime, José Nunes foi colocado na viatura e seguiu junto com os militares até a residência em que a mulher trabalhava, onde ela foi encontrada caída no quintal e sem sinais vitais.

A vítima apresentava várias perfurações pelo corpo. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e confirmou o óbito.


De acordo com o relato de uma testemunha, o suspeito chamou pela mulher e esta ao abrir a porta, foi ameaçada com uma faca, momento que tentou correr em direção ao quintal, mas foi alcançada e atingida por vários golpes de faca. Após cometer o crime, José Nunes saiu rapidamente em direção à via pública.

O servente de pedreiro recebeu voz de prisão. Ele relatou que descobriu que sua namorada estava lhe traindo e que esta seria a motivação para o crime. Próximo ao local onde o corpo estava foi encontrado um pedaço de papel com uma mensagem escrita pelo suspeito. “Você mim traia com [nome do suposto caso da vítima] direto, o homem da sua [pessoa próxima da vítima], trai agora, fez muita hora com minha cara”, dizia o bilhete encontrado pela Polícia.

Questionado sobre a mensagem, o suspeito disse que havia escrito para entregar a vítima, porém antes disso teria sido ofendido moralmente e por isso a esfaqueou.

Vítima atingida por 12 facadas

A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e constatou doze perfurações no corpo da vítima, sendo uma no abdômen e onze distribuídas entre tórax, pescoço e braços. Após os trabalhos de praxe, o corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) de Teófilo Otoni, onde foi necropsiado e liberado para familiares por volta de 13h30.

José Nunes foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Malacacheta, juntamente com a arma utilizada para a prática do crime.

Fonte: Aconteceu no Vale 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...