terça-feira, 21 de junho de 2016

CUIABANO VIAJA MAIS DE 2 MIL KM À PROCURA DA FAMÍLIA


Cuiabano vem a Capelinha e oferece recompensa a quem tiver informações precisas sobre seus familiares
Uma viagem em cima de uma XJ6 Yamaha, sentindo frio e calor, fazendo paradas em três Estados, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais, e com uma ideia na cabeça: encontrar familiares. Se não for possível achar o pai (principal causa da procura), ao menos parentes mais próximos. Quem fez esta viagem foi o policial civil José Carlos Arena, ele saiu de Cuiabá, capital do Mato Grosso, no último dia 14, e chegou a Capelinha na sexta-feira passada, 17 de junho.
Depois de passar na Redação do JORNAL LOCAL, em cartórios, na Assistência Social, na Polícia Civil, no escritório paroquial, na Secretaria de Agricultura e na Rádio Aranãs FM, ele agora está disposto a pagar uma recompensa a quem lhe der informações seguras sobre o paradeiro de sua família. “Esta é a segunda vez que venho a Capelinha, aqui encontrei pessoas muito boas, gente disposta a me ajudar. Isso conforta o coração, e agora eu queria muito, mas muito mesmo, encontrar minha família. Meu sonho maior é achar meu pai, por isso vou gratificar quem me ajudar, de forma precisa, nesta busca”, conta José Carlos.
Aos 51 anos e pai de quatro filhos, José Carlos encontrou um irmão, Sebastião Martins, de 53 anos, em Quatá, no estado de São Paulo. Os dois descobriram que têm origem em Capelinha e foram criados em Paranavaí, no Paraná, mas sem se conhecer.
A mãe dos dois, dona Filomena Pereira da Silva, é filha de Joaquim Gomes de Souza e Maria Pereira da Silva. E o pai, João Alves da Cruz, é filho de Adão Gomes de Souza e Sebastiana Alves da Cruz.
Quem tiver alguma informação, pode entrar em contato pelo Facebook: José Carlos Arena ou pelo (33) 99115-1899 (que é o telefone/watts da reportagem do JORNAL LOCAL). O fone/whatts de José Carlos é (65) 99262-2117.
AGRADECIMENTOS ESPECIAIS
O policia ressalta: “Faço questão de agradecer ao JORNAL LOCAL, ao pessoal da Rádio Aranãs, da Igreja Católica, a Polícia Civil, e também Valquinéia e Edivaldo. A recepção do pessoal de Capelinha tem sido excelente”.
Fonte: Rosa Santos

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...