quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Polícia registra oito homicídios em municípios do Vale do Jequitinhonha

A Polícia Militar (PM) registou oito homicídios em cidades do Vale do Jequitinhonha no período de 3 a 7 de setembro de 2016. Os crimes aconteceram em Mata Verde, Caraí, Divisópolis, Palmópolis, Araçuaí, Itinga e Jequitinhonha. Na divisa de Minas com a Bahia, zona rural de Mata Verde, indivíduos se passaram por policiais e mataram dois homens.

Em Caraí, um jovem brigou com a companheira na casa de sua mãe e após deixar o imóvel, foi baleado por um indivíduo desconhecido. Em Divisópolis, o dono de um bar foi encontrado morto com marcas de tiros. Já em Palmópolis, um homem foi morto por vingança. Ocorrências também foram registradas em Araçuaí, Itinga e Jequitinhonha. Confira os detalhes no texto abaixo:
Polícia registra duplo homicídio no município de Mata Verde
Dois homens, de 23 e 35 anos, foram assassinados em Mata Verde, no Vale do Jequitinhonha. A ocorrência foi registrada no início da madrugada desta quarta-feira, 7 de setembro de 2016, data em que a vítima mais nova comemoraria aniversário. Os corpos de Renato Mendes Dias e Márcio Mendes Dias foram encontrados por um homem que transitava pela via vicinal da Fazenda Córrego do Covão, na zona rural do município.

O solicitante informou à Polícia Militar (PM), que avistou marcas de sangue na lateral da estrada e ao verificar, viu os dois corpos no meio de uma vegetação. De acordo com a PM, as vítimas apresentavam várias perfurações provenientes de arma de fogo, sendo que Renato apresentava um total de 13 ferimentos em diversas partes do corpo e Márcio foi atingido por 12 tiros.
Ainda segundo a PM, uma testemunha relatou que por volta de 00h30, no distrito de Vila Café (BA), quatro indivíduos encapuzados se passaram por policiais e algemaram Renato, dizendo que iriam leva-lo para Mata Verde. Os suspeitos teriam informado que a vítima estava sendo presa em razão de ele ter participado de um latrocínio em data pretérita. A testemunha também informou que os indivíduos provavelmente obrigaram Renato a informar a localização de Márcio.
A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e após os trabalhos de praxe, os corpos foram removidos ao Instituto Médico Legal (IML) em Almenara. A autoria do crime ainda é desconhecida. O caso será investigado pela Polícia Civil.
Jovem é morto a tiros em Caraí
Um jovem de 21 anos foi morto a tiros na madrugada desta quarta-feira, 7 de setembro de 2016, na Vila Gomes, município de Caraí, no Vale do Jequitinhonha. O corpo de Raphael Luiz Souza foi encontrado na Rua Abdu Chalub (Cemitério Novo).
De acordo com a Polícia Militar (PM), uma mulher relatou que por volta das 2h00 da madrugada, após uma discussão com ela, Raphael teria saído da casa de sua genitora e momentos depois escutou disparos de arma de fogo, contudo só tomou conhecimento por volta das 6h00 que a vítima teria sido seu companheiro.
A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e após os trabalhos de praxe, o corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) em Teófilo Otoni. A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas.
Proprietário de bar é assassinado em Divisópolis
A filha de um dono de bar o encontrou morto, no estabelecimento dele, em Divisópolis, na região do Vale do Jequitinhonha, na noite desse domingo (04/09/2016). A mulher estranhou o “sumiço” do pai, um idoso de 64 anos, e foi procurar por ele.
Quando ela chegou ao comércio, no bairro Alvorada, encontrou a porta do local apenas encostada e ao entrar viu o pai caído, com ferimentos pelo corpo. Gilberto Ferreira Brito foi golpeado, provavelmente, com uma faca, no antebraço esquerdo, no tórax e no pescoço, abaixo da orelha direita.
A filha da vítima não soube dizer para a polícia quem poderia ter cometido o crime e nem qual motivo teria para isso. Até o momento, ninguém foi preso.
Homem mata cunhado em Araçuaí
Um homem de 30 anos é suspeito de matar o cunhado com um tiro no peito, na noite de sábado (03/09), na Comunidade da Barriguda, zona rural de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, segundo informações do registro policial.
O crime ocorreu por volta da 19h30, na casa da vítima. De acordo com o Boletim de Ocorrência, Diego da Silva de Jesus, de 30 anos, matou o próprio cunhado, Rogério dos Santos, de 28, usando uma arma de fabricação caseira, porque ele estaria espancando a irmã.
A mulher da vítima, Sonete da Silva de Jesus, de 32 anos, contou que na noite do crime, ela estava na cozinha, com o amásio, quando chegou um homem armado com um facão. Momentos depois, apareceu o irmão dela, Diego de Jesus. O grupo começou a discutir e em determinado momento, Diego atirou contra o peito do cunhado e fugiu em seguida, juntamente com Edson. De acordo com a perícia, o disparo provocou 14 perfurações provenientes dos chumbos.
Uma equipe do SAMU compareceu ao local, mas o homem já estava morto. O corpo foi encaminhado para o IML de Teófilo Otoni e em seguida liberado para sepultamento.
Ainda segundo o boletim de ocorrência, a sogra da vítima, de 52 anos, admitiu que o filho matou o seu genro porque constantemente eles estavam se desentendendo. Ela disse ainda que no dia do crime o genro teria ameaçado o filho dela de morte.
A polícia realizou buscas na região do crime, mas não encontrou os suspeitos. O caso foi registrado como homicídio pela Delegacia de Polícia Civil de Araçuaí que deverá realizar as investigações.
Polícia prende autor de homicídio em Palmópolis
Um homem foi assassinado no início da noite de domingo, 4 de setembro, no distrito Dois de Abril, município de Palmópolis, no Vale do Jequitinhonha. O homem, de prenome Jacson, foi atingido com um tiro na face, quando estava em um bar da localidade.
Após atirar contra a vítima, o autor tomou rumo ignorado, mas foi localizado em sua residência. O criminoso relatou aos militares que teria cometido o homicídio porque em data pretérita, a vítima teria lesionado o seu braço com um canivete, por isso resolveu se vingar.
O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) da região. Já o autor foi conduzido à Delegacia de plantão para demais providências.
Mulher é morta com tiro de espingarda em Itinga
Uma mulher de 28 anos foi assassinada na tarde de sábado, 3 de setembro, no Povoado de Jenipapo, município de Itinga, no Vale do Jequitinhonha. Graciane Pereira dos Santos, que residia no bairro Vida Nova, foi atingida por um tiro de espingarda do tipo polveira após uma discussão entre um irmão dela e o suspeito E.C.P, de 29 anos.
Idoso é assassinado em Jequitinhonha
Um idoso de 76 anos foi assassinado na manhã de sábado, 3 de setembro, no bairro Santo Antônio, em Jequitinhonha (MG). Dorivaldo Alves Machado, conhecido por Louro da Gaita, natural de Salinas, foi encontrado morto dentro de sua residência, na Rua Amazonas. A casa da vítima estava com móveis, roupas e diversos utensílios domésticos revirados.
De acordo com a PM, a vítima apresentava marcas de cortes na cabeça e no peito. No piso havia sinais de sangue, desde a sala até a cozinha. No quintal foram encontrados mantimentos espalhados, próximo a uma cerca, e um saco cheio de mantimentos e duas facas com vestígios de sangue.
Aconteceu no Vale

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...